sábado, 19 de outubro de 2013

palavras e atos públicos


Neste dia seguinte à tomada de posse dos novos orgãos autárquicos em Évora,  pelas 9.30h da manhã, registou-se aquele que foi o primeiro ato público desta Câmara, protagonizado pela  vereadora Élia Mira. Auspicioso, simbólico, indiciador, foram alguns dos verbos usados na mesa que abriu as I Jornada Internacional de Filosofia para Crianças.
A esta mesa do anfiteatro do Colégio Espirito santo sentaram-se três mulheres, que em Évora vêm dedicando as suas décadas de vida ao estudo e ensino, ao investimento na sociedade que está por construir: Maria Teresa Santos, professora de filosofia na Universidade de Évora e especialista no tema do encontro,  foi a anfitreã. Outra professora, Margarida Amoedo, na qualidade de diretora do departamento de Filosofia da Universidade de Évora, destacou o contributo das práticas da filosofia para crianças no desenvolvimento do pensamento crítico, criativo e cuidadoso. Élia Mira, em representação da Câmara de Évora, deu as boas vindas aos participantes, em nome de uma cidade Património Mundial e Cidade Educadora. Deixou ainda explicito o desejo de aprofundamento da cooperação entre a autarquia e o conhecimento ensaiado nos diferentes planos educativos que em Évora vão do pré escolar à Universidade.

24 comentários:

  1. Urge Mudar,os Eborenses esperam o inicio de um novo ciclo.

    Sabem que a autarquia tem uma Divida imensa,mas esperam uma outra maneira de governar o concelho.

    Ouvir os cidadãos,as associações e instituições,e MUDAR muito do que nestes ultimos anos foi feito sem planeamento e estratégia.

    Prioridade a um Programa integrado de Apoio Social.

    Reorganizar os serviços de Higiene e Limpeza,a cidade está suja,as ruas do centro histórico metem Nojo,o piso das arcadas não é lavado,os contentores estão sujos e a gordura acumulada em seu redor é bastante(sensibilizar os empresários da hotelaria para um maior cuidado nos lixos depositados nos contentores).

    A lixeira mensal no Rossio é Inadmissivel,tomar medidas junto dos feirantes.

    Aproveitamento do espaço da antiga rodoviaria para fins culturais.

    Animação no mês de Dezembro do centro histórico(quadra Natalicia) em parceria com associação comercial e associações culturais.

    Iluminar as principais praças do centro histórico(com os meios da cãmara).

    Não colocar as pseudo arvores de natal nas rotundas.

    Carnaval,recuperar o corso das escolas e as brincas.

    Feira de São João e São Pedro (o verdadeiro nome da feira).

    O tema da feira : Organizar no palacio Dom Manuel uma exposição sibre as feiras,reactivar o coreto durante a feira (bandas de musica),não colocar barracas no jardim.

    Recuperar o Quiosque do Rossio,.

    Monte Alentejano,voltar a ser o espaço da gastronomia e doçaria alentejana.

    Programação de verão no centro histórico ,nas principais praças numa parceria com as associações culturais do concelho.

    Abril 40 Anos ,programar com todas as associações actividades para todo o mês de Abril (tributo aos grandes homens da musica e da cultura,entre eles Carlos Paredes,Lopes Graça,Zeca,Adriano e outros).


    50 anos das piscinas municipais,melhorar a mata e colocar um espaço unfantil.

    Revitalizar o mercado.

    Fusão das várias feiras (feiras ao largo) a serem realizadas nas instalações da antiga rodoviária.


    Deixo aqui alguns contributos que o novo executivo com pouco dinheiro pode implementar.

    ResponderEliminar
  2. Durão Barroso nomeia João Proença,para conselheiro especial junto da comissão Europeia.

    ResponderEliminar
  3. Revitalizar o mercado 1º de Maio ( um dos pisos continua fechado desde a sua reabertura).

    ResponderEliminar
  4. Concluir a circular (iniciada no verão de 2001 gestão CDU),falta concluir os passeios e rotundas(portas de Aviz/bacelo),limpar o entulho da obra (colocado entre as portas de aviz e o forte de Santo António).

    ResponderEliminar
  5. As rotundas entre as portas de aviz e Bacelo,são uma vergonha(pasto e pedras desde que foram feitas ),a gestão PS deixou a Obra por acabar,autêntico DESLEIXO.

    ResponderEliminar
  6. A FONTE NOVA está uma Vergonha ,Ernesto,Melgão e Damas não fizeram nada pela recuperação da fonte.

    ResponderEliminar
  7. Trabalho Honestidade Competência


    É este o grande compromisso do novo executivo,se CUMPRIR ,em 2017 teremos um concelho MUITO MELHOR.

    ResponderEliminar
  8. APOIAR a Economia Local e o Emprego.

    Um compromisso importante para o desenvolvimento do concelho.

    ResponderEliminar
  9. Melhorar as condições de Higiene e Limpeza dos Espaços Publicos.


    Um compromisso que Urge desde já CUMPRIR.

    ResponderEliminar
  10. UM compromisso Muito importante para muitos dos nossos cidadãos:

    REFORÇAR a ACÇÂO SOCIAL de APOIO á POPULAÇÂO.

    ResponderEliminar
  11. Se não é ilegal, é imoral. A um autarca como à mulher de César: não basta ser sério, é preciso parecê-lo.

    http://www.publico.pt/local-lisboa/jornal/autarca-cessante-de-beja-ficou-com-ipad-do-municipio-por-50-euros-27268124

    ResponderEliminar
  12. Alerta:

    Espero que o novo executivo autarquico não deixe a SUPER-BOOCK,transformar o Centro Histórico numa TASCA gigante,infelizmente a Universidade já "cedeu" ao interesse económico,permite o colégio do espirito santo seja uma tasca quase permanente da Suoer-Boock,com a degradação do belo espaço e as bebedeiras quase diárias dos jovens.

    ResponderEliminar
  13. Ao novo executivo da Freguesia Senhora da Saúde/Bacelo:

    Criação de Biblioteca no Bacelo

    Requalificação do espaço central do bacelo(espaço criado pelo antigo executivo PS,com poucas arvores,uns calhaus e muito pasto)

    Sinalética

    Rectificação de passadeiras(muitas delas em cima dos cruzamentos)

    Colocação de bancos na area central do bacelo e polivalene da associação de moradores.




    requalificação do parque de estacionamento junto á escola gabriel pereira.

    ResponderEliminar
  14. Ao novo executivo autarquico:


    A Cidade está Suja,Urge tomar medidas para que ÈVORA volte a ser uma Cidade com higiene .

    ResponderEliminar
  15. AS sargetas cheiram mal,os contentores estão um nojo.

    Sensibilizar os cidadãos e os empresários de hotelaria na colocação e transporte dos lixos até aos contentores.

    ResponderEliminar
  16. Eborenses!
    Que é isso? estamos num novo ciclo. Com a nova CME todos esse problemas, herança de um passado de 12 anos, serão resolvidos.
    Isso eram tudo coisas do passado, o futuro vai ser brilhante!
    Viva a CDU!

    ResponderEliminar

  17. LEIA COM ATENÇÃO E PARTILHE, POR FAVOR ...
    É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA SALVAR AS NOSSAS CRIANÇAS DESTA BARBÁRIE QUE LHES ESTÁ SENDO PRESENTEMENTE PREPARADA
    Não se esqueça de que essas crianças, podem um dia, vir a ser os seus filhos ou os seus netos... por isso leia e assine.

    Veja o documento em PDF (Padrões para a Educação Sexual na Europa)
    e verifique com os seus próprios olhos:

    http://www.citizengo.org/pt-pt/299-remova-o-documento-padrões-para-educação-sexual-na-europa

    http://www.madridsalud.es/publicaciones/OtrasPublicaciones/standars_de_calidad_de_la_educacion_sexual_en_europa_traducido_12nov.pdf


    O Documento Padrões para a Educação Sexual na Europa, publicado pelo gabinete europeu da Organização Mundial de Saúde, recomenda "masturbação para a primeira infância"... "Brincar de médico" aos 4 anos de idade e explorar as "relações entre o mesmo sexo" aos 6 anos. Pretende-se que o documento seja usado para ensinar educação sexual às crianças. Porém, parece mais um documento criado para corrompê-las. Por isso queremos que o documento seja removido o mais rápido possível.

    Envie sua solicitação à Dra. Margaret Chan, Directora da Organização Mundial de Saúde.
    Veja abaixo mais alguns exemplos do que o documento propõe para diferentes faixas etárias:

    0-4 anos: diversão e prazer ao tocar o corpo de alguém; diferentes tipos de amor; tomar consciência da identidade de gênero e direito a explorar a identidade de gênero, etc.

    4-6 anos: consolidar identidade de género; relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo, etc.

    6-9 anos: a ideia básica sobre a contracepção; diferentes métodos de contracepção; direito sexuais das crianças; papéis de gênero, etc.

    9-12 anos: reprodução e planeamento familiar; primeira experiência sexual; orientação de género; direitos sexuais, etc.

    ResponderEliminar
  18. @14:33
    Ainda andas de ressaca?

    ResponderEliminar
  19. é verdade que be se uniu ao ps na junta de freguesia de são miguel de machede???????????????

    ResponderEliminar
  20. A junta do centro histórico é formada pela CDU/BE.

    ResponderEliminar
  21. A mesa da Assembleia municipal é presidida pela CDU,e por um eleito do PS e do BE.

    ResponderEliminar
  22. De repente a malta do PS começou a ver desoprganização, estagnação, lixo... Curioso é que até sexta feira à noite estava tudo bem.

    ResponderEliminar
  23. São os efeitos mais conhecidos da "droga da política", conhecida também como "poder": quando estamos na sua posse é tudo "dignidade", "limpeza", "qualidade" e "altruísmo" (para muitos do PCP, Évora e tudo o que nela acontece deixou de ser "triste", "miserável", "indigno" etc,) desde a noite de 29 de Setembro. Foi exactamente nesse dia que os do PS começaram as sessões de desabituação da droga e entraram em ressaca vendo "sujo", "intragável", "triste" o que antes viam como "limpo", "aceitável" e "alegre". Drogam-se uns e outros e depois dá nisto. E sempre quem se lixa é o mexilhão. Que não tem acesso à droga em causa e por isso vê a realidade sempre do mesmo modo, sem grandes alterações, venha um ou outro.

    RS

    ResponderEliminar
  24. Onde é que se vende essa droga?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.