domingo, 13 de outubro de 2013

Hoje no Garcia de Resende


Dia 13 de Outubro, às 18 horas, no TGR
Um dia os réus serão vocês – o julgamento de Álvaro Cunhal

No âmbito das comemorações do centenário do nascimento de Álvaro Cunhal, o Cendrev acolhe, no Teatro Garcia de Resende, dia 13 de Outubro às 18 horas, a Companhia de Teatro de Almada com o espectáculo Um dia os réus serão vocês – o julgamento de Álvaro Cunhal, um trabalho de interpretação da História da resistência ao fascismo que levou Rodrigo Francisco a considerar para uma mesma dramaturgia as defesas de Álvaro Cunhal, em 1950, e do búlgaro Georgi Dimitrov, em 1933, aquando do seu julgamento por um tribunal nazi. (nota de imprensa)

7 comentários:

  1. Se até Mario Soares acha isto, porque respeitar uma corja DE BANDIDOS.
    Todos á maifestação na Ponte 25 de ABril dia 19 de Outubro, vamos correr com os delinquentes


    Mário Soares diz que alguns membros do Governo são “delinquentes”


    Histórico socialista diz que o Governo está "moribundo" e que não se aguenta até Junho. Cavaco Silva "não sabe o que está a fazer", afirma.



    O Governo, o primeiro-ministro, o Presidente da República, a troika e os mercados. O antigo Presidente da República, Mário Soares, não poupa ninguém nas críticas. Em entrevista à TSF e ao Diário de Notícias, divulgada neste domingo, Soares diz que alguns membros do Governo são “delinquentes” e “têm que ser julgados, depois de saírem do poder”.

    “Este Governo não tem rei nem roque, nem sabe o que quer, nem sabe para onde vai”, resume Soares, censurando um Governo que diz estar “moribundo” e que quer “acabar com o Estado social”. E acredita que os responsáveis da governação “vão cair muito antes” de Junho, altura em que está previsto o fim do programa de assistência da troika de credores internacionais. “É inevitável. Antes que o ódio do povo se torne violento.”

    ResponderEliminar
  2. Dou mais valor a outros anti fascistas que nunca se comprometeram com ditaduras.

    Cunhal era Estalinista até à ultima raiz do cabelo

    ResponderEliminar
  3. @17:55
    A tua prima é que parece apreciar muito a dita dura...

    ResponderEliminar
  4. Meninos, Cunhal era o defensor de uma ditadura do proletariado.
    Agora, os meninos vão para casa e fazem uma redação sobre O PROLETARIADO e amanhã fazemos a CORREÇÃO, está bem meus meninos??

    Pronto não se zanguem...

    Emanuel

    ResponderEliminar
  5. 19:15.........ao menos respeito por aqueles que morreram nas masmorras da pide......

    ResponderEliminar
  6. Muito respeito pelos que morreram nas masmorras da Pide!

    Pouco respeito por aqueles que preconizam as ditaduras

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.