terça-feira, 24 de setembro de 2013

Troca de correspondência (emails)


Boa tarde,
Veja se lhe é possível a publicação.
Obrigado,
Geraldo, o Sem Pavor!
-----------------------------------------------------

Évora: o que dizem as televisões! 

A SIC apresentou neste domingo – 22 Setembro – uma nova reportagem sobre o panorama autárquico eborense. 
A exposição não divergiu muito da efectuada aquando das sondagens. O foco estabeleceu-se mais uma vez na elevada dívida da autarquia, umas das mais endividadas e problemáticas do país. 
O outro ponto mais focado continua a ser o abandono e a desertificação do Centro Histórico e a falta de ideias do executivo camarário no que respeita a esta questão. 
A reportagem da RTP, apresentada recentemente em nada divergiu relativamente a estas duas, acrescentando que a cidade é analisada pelos populares como estando muito suja e sem soluções e a regredir economicamente. 
A SIC e a RTP são na minha opinião cadeias televisivas que primam por isenção. A performance de Évora que se apresenta ao país e ao mundo é altamente degradante e humilhante para as hostes socialistas. 
A mim parece-me cada vez mais evidente que o povo eborense que tanto critica e tanto mal-estar apresenta, não confiará novamente o destino da cidade ao PS. 

Geraldo, o Sem Pavor!
......................................................
A Cinco Tons  

22/09 (há 2 dias)
Talvez publiquemos, vamos a ver.
Mas não acha que um "sem pavor" que nem assina com o seu nome o que escreve é um pouco estranho? Quase parece uma brincadeira?

C.
....... 

07:27 (há 1 hora)
para mim

Tem toda a razão, mas Évora infelizmente continua a ser uma cidade inquisidora.

Abraço (eborense)

1 comentário:

  1. Pois, para dar a cara e assinar só os jornalistas.A argumentação dos anónimos é sempre a mesma: «Évora é uma cidade inquisidora». Vocês que levem porrada, sejam perseguidos e mal tratados,tramados e fecundados, porque estão a ver,eu não me posso expor,tenho mulher e filhos e um emprego a defender.Agora os jornalistas são carne para canhão. Bonita e democrática teoria!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.