sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Elvas: Rondão de Almeida a dobrar


Na impossibilidade de se recandidatar a mais um mandato à frente do executivo da Câmara de Elvas, por decisão do PS - que não recandidatou presidentes que tivessem tido mais de três mandatos seguidos na mesma autarquia - Rondão de Almeida anunciou agora que Elvas não o vai ter apenas uma vez nas listas, mas sim duas:  como candidato à Assembleia Municipal e como candidato a vereador.  (aqui)

19 comentários:

  1. Cá está um excelente exemplo da ineficácia da lei que limita os mandatos dos presidentes de câmara. Rondão de Almeida não pode encabeçar a lista mas pode integrá-la. Não pode ser o primeiro mas pode ser o segundo, o terceiro ? Alguém acredita que ele não vai continuar a exercer influência e a mandar na câmara? Esta gente do PS, com estas artimanhas, sob a capa de serem mais sérios do que os outros, deve achar que somos imbecis. E não lhe basta uma candidatura? Quer assegurar duas? Não quer mesmo é largar o osso...

    ResponderEliminar
  2. Nada como ser um partido sério e coerente. Não pode ir em primeiro, vai em segundo!
    Não pode ser presidente, mas pode ser vereador.
    Em primeiro podia ser corrupto, mas em segundo é incorruptível e seríssimo…

    Como cá por Évora, o presidente da Junta de Freguesia da Horta das Figueiras, que não pode ser o primeiro mas pode ser o segundo.

    Cada vez estou mais adepta desta gente, coerente e nada trapalhona.

    ResponderEliminar
  3. Pois é, em Évora também temos disto : Baltazar Damas, não satisfeito com 3 mandatos, vai furar a lei da limitação de mandatos e candidatar-se em segundo. Na prática, dado tratar-se de uma união de freguesias, ele continua a ser o primeiro da Horta das Figueiras, logo, se ganhar, Deus permita que tal não aconteça porque já basta de um presidente com tiques autocráticos e pouco civilizado no trato com as pessoas, volta a ser presidente da Horta das Figueiras.... Onde está o rigor, senhores responsáveis do PS ? Há muita forma de dar a volta ao texto, não há?

    ResponderEliminar
  4. Não há problema: o Bloco de Esquerda impugna!

    ResponderEliminar
  5. Porque é que o Pinto de Sá não vai para a terra dele fazer o mesmo? Ele que se candidate o vereador.
    Ou o partido comunista só o julga talhado para ser ele o mandalete?

    ResponderEliminar
  6. @12:49
    Porque o cidadão Pinto de Sá, como qualquer cidadão português, tem direito e deveres autorgados pela Constituição. E um desses direitos e deveres consiste na possibilidade de eleger no concelho em que está recenseado e ser eleito em qualquer zona do país.

    Por isso se candidata em Évora, competindo aos eleitores do concelho, no uso dos seus direitos constitucionais, decidir se o consideram, ou não, o mais capaz para desempenhar as funções a que se candidata.

    Tudo isto é claro e muito transparente. O que e não é nada claro e até se assemelha a uma grande trapalhice é um candidato apresentar-se em segundo lugar para vir a desempenhar funções que competem ao primeiro.
    (mas também não admira porque já nos vamos habituando a ver no PS um partido de gente mentirosa e aldrabona. Basta ver o que aconteceu às 80 MENTIRAS (a que chamavam promessas) dos últimos 12 anos)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como tinha o dever de cumprir o mandato até ao fim e não abdicar em favou numa secundária a mando do partido, só para que ela desse nas vistas ao eleitores. Batota foi o que foi

      Eliminar
  7. Olha, olha então os candidatos das outras listas são todos de Évora ? Ou o PS também vai criar uma lei que impeça os naturais de outro concelho de se candidatarem ? Estão bem arranjados todos os cidadãos que tendo nascido numa das antigas colónias ! Jamais se poderão candidatar seja ao que for...
    Capoulas Santos é de Évora ? Ou vem do mesmo sítio de onde vem Pinto de Sá ? Esse facto não obstou a que seja o Presidente da Assembleia Municipal de Évora e o candidato do PS, outra vez...

    Ora façam o favor de ser honestos !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedir a um secretário xuxa para ser honesto, dá o mesmo efeito que pedir a uma raposa para deixar de gostar de galinhas.

      Eliminar
    2. Mas só o partido Xuxalista existe para os comunalhas?

      Eliminar
    3. Que queres, os "comunalhas" embirram com corruptos e oportunistas. E o partido Xuxalista está cheio deles.

      Eliminar
  8. Pergunta: o BE vai impugnar esta candidatura?

    Resposta: Não. Não confundamos as coisas. Esta é uma candidatura do PS. Logo nunca poderá ser considerada ilegal. E amigo não atrapalha amigo.

    ResponderEliminar
  9. Em primeiro lugar não pode ir porque é "acumulação de mandatos", mas em segundo não acumula e até deve ser coisa de excelência.
    Estes pêsses não têm vergonha nenhuma na cara.
    Não admira que tenham levado o país à falência e o concelho de Évora vá pelo mesmo caminho…

    Ps:
    Quem pariu uma lei absurda desta fê-lo por incompetência ou seria mesmo uma filha-da-putice?
    E ainda andam por aí uns palermas a querer defender as virtudes desta lei?

    ResponderEliminar
  10. "E ainda andam por aí uns palermas a querer defender as virtudes desta lei?"
    Andam. Os meninos do BE. Mas só porque isso dá jeito aos seus camaradas do PS

    ResponderEliminar
  11. Quem foram os gajos que fizeram e votaram nesta lei?

    Querem ver que foram os mesmos que fizeram e votaram na lei que “nacionalizou” os prejuízos do BPN e deixou os vigaristas em liberdade e com os lucros inteirinhos nas mãos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. – Ouve lá, Rui, tu não estarias interessado em ganhar uns dinheiritos valentes sem teres que trabalhar?

      – Claro que estou. Eu não sou menos espertalhaço do que vocês, estou sempre interessado em ganhar uns dinheiritos sem ter que trabalhar, quanto mais melhor. Mas conta lá, como é isso?

      – É muito simples e são 150% garantidos. Tu hoje compras-nos umas acções do banco e daqui a uns meses nós voltamos a comprar-tas a mais do dobro do valor que as comprares.

      – Ó pá, isso é impecável. Então, mas isso é assim, depois isto não dá chatices?

      – Quais chatices! O chefe também vai ganhar. O banco paga. Isto vai tudo para o monte. Depois, um dia, daqui a uns anos, vai tudo para a dívida pública e os parolos que paguem.


      Um diálogo semelhante a este há-de ter ocorrido algures nos anos 90.
      E os parolos (que somos todos nós) estamos efectivamente a pagar. A pagar sem bufar, nem sequer ter a coragem de gritar ESTA DÍVIDA NÃO É NOSSA, NÃO PAGAMOS!

      Eliminar
    2. Ai pagas pagas. Aliás, já estás a pagar.

      Eliminar
  12. Desgraçados de nós elvenses... Não chegaram já duas décadas!
    Vai aposta que como vereador ainda propõe uma estátua ao antigo presidente? ;)

    ResponderEliminar
  13. É uma vergonha a forma como o PS dá a volta a uma lei que foi de sua iniciativa e votada quando tinham maioria, recandidata os presidentes de câmara em lugares elegíveis para os manter no poder. Uma vergonha e eu não vejo o BE a denunciar estes casos....

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.