sexta-feira, 30 de agosto de 2013

(Apanhados) Não sei se durma, se descanse

(clique na imagem) 
aqui

6 comentários:

  1. Olha o Notavel das praxes... O manda chuva do fascismo academico

    ResponderEliminar
  2. Tenham medo. Tenham muito medo.
    Parecem os 3 da vida airada. Cócó, ranheta e facada.

    ResponderEliminar
  3. Vida airada é que não devem ter porque sabem bem que é necessário pôr a nu a péssima gestão que o PS praticou ao longo de 12 anos. Combater páginas e páginas de desinformação PS no Diário do Sul ,que trata de forma desigual as diferentes forças partidárias eleitas em Évora, dá muito trabalho !

    Por outro lado, até deveriam descansar porque o que vem por aí nos próximos mandatos da CDU não é tarefa fácil. Como lidar com um buraco de 80 milhões de euros (declarados, fora o resto que se irá descobrir depois de 29 de setembro) ?.

    A estes 80 milhões acrescem os gastos que estão agora a ser feitos com a cosmética eleitoralista do PS : campanhas disto e daquilo que serão pagas no próximo mandato ( pudera com dívidas a ser pagas a fornecedores em prazos que superam um ano e meio quem é que vai pagar às empresas que agora andam a limpar o que não se limpou durante 12 anos ?)

    Não esquecer o empréstimo ruinoso, com juros mais elevados do que aqueles que pagamos aos credores externos, e que vai durar 20 anos ( !!!!). Este empréstimo vai, maioritariamente , servir para pagar o negócio desastroso celebrado entre a câmara e as águas do centro alentejo. Grande negócio que este PS fez para agradar ao PS que estava no governo, a contar que os munícipes paguem através da colocação de todas as taxas, tarifas e impostos municipais ao nível mais elevado ( não é invenção, faz parte das regras que foram acordadas com o governo). Por acaso alguém sabe que se a câmara se quiser candidatar a um projecto de financiamento comunitário tem, ao abrigo do PAEL, que pedir autorização ao governo ? Vejam bem a situação em que o PS colocou a câmara de Évora ! Queremos mais deste tipo de gestão? Não basta ?

    Há muito a fazer neste munícipio e concelho desde a habévora que, senhora de uma insensibilidade social, resolveu aumentar as rendas a quem já quase nada tem, até às questões relacionadas com a cultura, a educação, o centro histórico que se encontra em franca decadência, os bairros que foram completamente abandonados durante estes 12 anos, a sujidade que bateu recordes históricos, o divórcio entre os eleitos da câmara e os trabalhadores da autarquia, a ausência de respostas em tempo útil, a incapacidade para governar o concelho com as populações e os eleitos locais.

    Há tanto a fazer que deveríamos recomendar a Pinto de Sá que descanse enquanto é tempo, que reúna energias, porque depois do dia 29 de Setembro as horas de descanso vão ser muito reduzidas e os eborenses esperam muito dele.

    ResponderEliminar
  4. Pois é! O jovem comunista que nos tempos da Universidade era conhecido pelo sugestivo nome de ComuNoddy "cresceu" e agora já fala com/como os grandes. Deve ter aprendido muito com as praxes e com as tricas universitárias, pena que já não use garbosamente o anel de curso.

    ArqueoBaca

    ResponderEliminar
  5. Como eborense o que espero do Pinto Sá é que se vá embora, pois é isso que ele sabe fazer bem. Desgovernou a "Freguesia" de Montemor, transformou-a numa cidade da treta que única coisa boa que tem é a estrada para Évora. E à primeira oportunidade fugiu! Arre daqui pra fora!!!

    ResponderEliminar
  6. O nervosismo dos secretários não engana.
    Dia 29, acabam-se as MENTIRAS!
    Dia 29, é o princípio do fim da paralisia a que ÉVORA tem sido votada nos últimos anos!
    Dia 29, ÉVORA vai MUDAR!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.