quarta-feira, 12 de junho de 2013

Para quem diz que nunca viu um alentejano a cantar sozinho!



David Pereira, de Castro Verde (aqui)

2 comentários:

  1. Gostei muito de ouvir este rapaz. E aplaudo a ideia de publicar este registo. De facto, o canto em coro não é todo o Cante alentejano. Quantas vezes me afirmaram os cantadores de Moura, Vale de Vargo, Brinches, Cuba.... que se canta (e se cantava) sempre que a emoção assim o exigia: até no cimo das oliveiras, ou na labuta da cortiça, e sozinho se assim vem. Sempre que era necessário o Cante para que a nossa humanidade vença a dor, a humilhação, a solidão, o amor. Cante, vital.
    JRdS

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.