sábado, 8 de junho de 2013

Évora: CDU, PSD e BE apresentam listas na próxima semana. PS mantém silêncio.

Há quatro anos foi assim

A CDU tem prevista para a próxima terça-feira, dia 11 de Junho, a apresentação das listas aos órgãos autárquicos do concelho de Évora num comício marcado para as 21,00 horas na Praça do Sertório, que contará com a presença de Jerónimo de Sousa.
O PCP faz uma grande aposta na reconquista da autarquia, agora que José Ernesto Oliveira não se recandidata, sendo a lista da CDU à Câmara encabeçada por Carlos Pinto Sá, um peso pesado do partido, que dirigiu Montemor-o-Novo durante mais de 20 anos. Segue-se Élia Mira, até agora presidente da junta de Freguesia do Bacelo e Eduardo Luciano, que há quatro anos liderou a lista da CDU à Câmara. À Assembleia Municipal o médico António Jara encabeça a lista.
Também o PSD já anunciou que vai concorrer em coligação com o CDS em Évora. O cabeça de lista à Câmara é o médico Paulo Jaleco e a lista vai ser apresentada na próxima sexta-feira, dia 14 de Junho, no Jardim do Paço, pelas 20,30h.
Domingo, dia 16, será a vez da apresentação das listas do Bloco de Esquerda. Já são conhecidos nos nomes dos candidatos à Câmara, Maria Helena Figueiredo, e à Assembleia Municipal, Bruno Martins.
No PS mantém-se o silêncio oficial. Há mesmo quem já se brinque e se pergunte se o PS está a pensar concorrer. Mais a sério, há outra interpretação: seguindo o conselho que António Guterres (era primeiro-ministro) terá dado a Marcelo Rebelo de Sousa (então líder do PSD) - "faça-se de morto" (que o governo lhe vai cair no colo) - também o PS eborense parece querer passar o mais despercebido possível. Culpas na consciência ou Manuel Melgão está a ganhar fôlego e tempo na preparação de um perfil de liderança?

1 comentário:

  1. Carlos,belo teste que fizeste à coragem dos eborenses anónimos que aqui vomitavam verborreias.
    Desde que colocaste como obrigatória a identificação, aí estão a revar aquilo que valem e é isso que conta verdadeiramente na primeira análise aos candidatos e candidaturas à câmara de Évora.
    Realmente esta gente tem o que merece e não fosse a falta de coragem, de inteligência e empreendedorismo e outra música soaria...
    Mas enfim, é o que temos e sem tecer mais comentários sobre o anúncio de candidaturas que aqui fazes,direi apenas que são pobres,muito pobres os candidatos presentes, ou não tivessem os possíveis de primeira linha,mais preocupados com a sua carreira pessoal fora deste pobre palco.
    Quanto ao PCP,o mesmo de sempre.Honestos nas convicções,rigorosos ideologicamente, mas sem quadros,por culpa própria e má gestão dessa mesma ideologia, e é pena que assim seja, pois dessa forma,não usando os pergaminhos que tem,mantendo-se ideológicamente no séc. XIX, presta um mau serviço aos eborenses e ao país.
    Que seja esclarecedora a campanha e que todos façam das fraquezas força, para levar por diante esta barcaça moribunda...

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.