sábado, 1 de junho de 2013

Aquele que é Portugal!


Liberta-te de olhar os números
Assim,
Doentiamente,
Como se fosse remédio
Para este mal
Que cresce também dentro de mim…

Sabes, quem sabe sabiamente
Sabe
Que os números
Não podem ser olhados apenas assim…

Liberta-te e deixa o teu olhar
Pousar humilde nos olhos baços
E baixos de um povo
A morrer,
Tragicamente,
Que só precisa de um outro olhar
De ver ao longe,
Claramente,
Quase bastando que não fosse
De cega gente…,
Para se erguer
E ser
Aquele que é Portugal!

José Rodrigues Dias, 2013-05-31
http://joserodriguesdias.blogspot.com

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.