terça-feira, 14 de maio de 2013

Quem pode dizer-se inocente?


No Bangladesh, centenas de trabalhadores que fazem a roupa que vestimos, morreram por incúria no seu local de trabalho, vítimas de exploração sem escrúpulos.
Em El Salvador, uma mulher de 22 anos é obrigada a optar entre a sua própria morte durante o parto de um feto não viável e uma pena de prisão de 50 anos por fazer um aborto – se conseguir que alguém se disponha a fazê-lo arriscando uma pena de 12 anos.
Nos Estados Unidos, um mafioso arrependido que ganha a vida a escrever livros e a dar conferências em universidades sobre gestão de empresas e economia, declara que há bancos mais mafiosos que a Máfia – e ele deve falar com conhecimento de causa.
Em Portugal, no Pestana Eco-Resort, de Tróia, na primeira semana da 2ª fase do projecto já se venderam 5 casas: a mais barata por 199 mil euros, a mais cara por 475 mil euros. 
É também em Portugal que todos os dias tomamos conhecimento de novidades – algumas mais velhas que novas – por vezes com nomes estranhos e estrangeiros como «swaps», Merckel ou Efromovich; outras vezes com nomes bem conhecidos, como desemprego, cortes em pensões, Gaspar, venda ao desbarato ao estrangeiro, emigração, fraudes fiscais; notas soltas dos tempos que vivemos e que só nos trazem a certeza que “eles” – os que gastaram e se apropriaram do que devia ter sido de todos – querem que sejamos nós – o povo que aguenta – a pagar a conta, e sem muito refilar, ver o nosso país a ser destruído juntamente com as nossas vidas e as vidas dos nossos filhos e netos. 
Quem pode dizer-se inocente? Quem pode dizer que faz o que é possível?
Em cada momento de luta, em cada local de luta, cada um de nós tem que fazer uma opção – aceitar ou recusar lutar. 
E é por isso que aqui estamos, neste combate que não pode parar, a apoiar as listas do BE para as eleições autárquicas. Porque são também as nossas listas, porque não nos sentimos ”inocentes”, porque também queremos continuar a luta, queremos a mudança – na nossa rua, na nossa cidade, na nossa Pátria, no mundo que queremos seja de todos. 

João Almeida - mandatário das candidaturas do Bloco de Esquerda às Autárquicas no Concelho de Évora (recebido com pedido de publicação)

34 comentários:

  1. E continua a renovação dos quadros. Boa!

    ResponderEliminar
  2. Aquele post sobre a Geriatria, era escusado!...

    ResponderEliminar
  3. João

    e...Évora????


    abraço

    ResponderEliminar
  4. MENEZES VOLTA A PODER SER CANDIDATO À CÂMARA
    «A decisão do 3.º Juízo Cível do Porto que considerou Luís Filipe Menezes impedido de se candidatar à Câmara Municipal do Porto, por uma nova candidatura ir contra a limitação de mandatos, foi suspensa pelo mesmo tribunal de primeira instância.»

    Então, este blogue tão lesto a dar publicidade às decisões dos tribunais, quando decidem que candidatos com 3 mandatos cumpridos, não se podem candidatar noutros municípios, esqueceu-se desta decisão?

    ResponderEliminar
  5. "A RTP sabe que o recurso está relacionado com a legitimidade do movimento que interpôs as providências cautelares. Não foi apreciada a questão de saber se autarcas que já cumpriram três mandatos podem ou não recandidatar-se a outras câmaras"
    Não está em causa a lei, mas a legitimidade de que interpôs as providências cautelares.
    A lei é clara!
    Seja o apelido do fora da lei Menezes, Seabra ou Pinto Sá

    ResponderEliminar
  6. Somando as idades da Maria Helena, da Margarida Morgado e do João Almeida dá p'raí 200 anos. Viva a juventude.

    ResponderEliminar
  7. Podem ir a eleições , mas não vale é a pena daqui para a frente votar em quer que seja .

    O Coelho ainda vai daruma pílula abortiva a todas as mulheres que tentam engravidar em Portugal .

    Possivelmente até vai pagar para aniquilar os velhos terminais que para ele custam ao Estado .

    Tenham cuidado nos Hospitais ... um qualquer comprimido lá dado ou vacina ... pode esconder um extermínio coletivo .

    Não aceitem nada no vosso corpo dado por terceira pessoa !



    Eles não querem despesa e professores para dar aulas .


    Quantas menos reformas pagarem melhor ...

    Começou a escolha que Hitler encenou aos Judeus .

    Daqui a 20 anos , quando já não existir Cavacos e Marios Soares ou o Coelho em Lar de Terceira Idade ... aldeias como a Luz ... Estrela ... Alqueva , etc. , será comprada por investidores para criarem espaços para os velhos da Alemanha ... doentes da Holanda ... etc .

    Eles tem de limpar o centro da Europa de gente arrastadeira , deixarem lá os jovens e encontrarem o sítio com Sol para os últimos dias de gente que não interessa , mas vindas de lá , cá fazem vida de ricos e tem os restantes Portugueses que cá ficarem a mudarem-lhe as fraldas e fazer massagens .

    A ver vamos ... mas tem de ser assim !

    Jorge

    ( ciclista )

    ResponderEliminar
  8. Pelo menos nisso batem a CDU

    ResponderEliminar
  9. É pá, mas nesse capítulo quem consegue arrebanhar a Margarida é imbatível

    ResponderEliminar
  10. Jara e pinto sá - os jovens... Ah ah ah

    ResponderEliminar
  11. Os dois juntos devem ter a idade da Margarida...

    ResponderEliminar
  12. O Jaleco é mais novo...

    ResponderEliminar
  13. Quanto a geriatria todos têm telhados de vidro...Não serão a imagem do país?

    ResponderEliminar
  14. A margarida não é candidata, mas membro da comissão de honra...

    ResponderEliminar
  15. A que horas joga o benfica?

    ResponderEliminar
  16. É natural que muitos se sintam incomodados com a candidatura proposta pelo BE à CME.
    É normal, uns porque não conseguem arranjar candidato, outros porque se consideram donos dos votos dos cidadãos, vêem-se confrontados com uma candidatura consistente, com propostas, transparente, e reagem, compreende-se.
    O que não se compreende, nem pode, são as distorções da verdade que por aí campeiam.
    Margarida Morgado, preside à Comissão de Honra, não é candidata, dá a cara como membro relevante da nossa comunidade, por um projecto em que acredita.
    O mesmo se passa com João Almeida, que é o mandatário da candidatura, o que como muito bem sabem é diferente de ser candidato.
    Maria Helena Figueiredo, não é uma pessoa idosa, está aliás na faixa etária de outros candidatos, (pelo menos daqueles que se conhecem e de outros putativos aspirantes ao lugar)
    Bruno Martins tem menos de trinta anos.
    Absurdos portanto, e de má fé, alguns comentários aqui feitos.
    Isto só mostra a qualidade da campanha que se avizinha.
    Assustador...

    ResponderEliminar
  17. A que horas joga o benfica?

    ResponderEliminar
  18. @08:27
    Não me preocupa a IDADE destes nem de outros candidatos. O que me interessa é o seu conhecimento e a sua capacidade para responder aos desafios, nada fáceis, que vão encontrar.

    Mas, já agora, tenho de dizer que talvez estes comentários relativos à IDADE venham na sequência de um post que aqui foi colocado sobre a “Geriatria” de uns certos candidatos e uma certa força política. É, por isso, preciso muito cuidados quando se atiram pedras ao ar… (e estou a referir-me ao tal post!)

    ResponderEliminar
  19. @00:52
    Num país a envelhecer é natural que os candidatos reflictam esse envelhecimento.
    E nem vejo mal nenhum nisso, desde que as listas consigam fazer uma combinação adequada entre a sabedoria dos mais velhos e a agilidade dos mais novos.
    Julgo uma lista só de jovens não é, só por esse facto, melhor que uma lista onde se misturem vários extractos etários. A não ser que se queira estar sempre a tentar “inventar a pólvora” e não se queira aproveitar a experiência e o saber dos mais velhos.

    ResponderEliminar
  20. 10.32

    O post que coloquei na altura partiu de facto da noticia de que Figueira Mendes iria ser de novo candidato pela CDU em Grândola, aos 70 anos (depois de vários anos afastado das lides autárquicas), mas pretendia ser mais generalista uma vez que o processo de "envelhecimento" dos candidatos é mais geral e independente das forças partidárias. Aliás o post termina desta maneira: "será este um exemplo dos efeitos da "idade da gaveta" a mostrarem-se em pleno nestas escolhas de candidatos (mais do que séniores) por parte da CDU (mas não só: PS e PSD também não fazem grande diferença) ou será apenas falta de outras opções mais jovens e credíveis?".
    Não falava do Bloco de Esquerda (nem do CDS)dada a fraca implantação em termos autárquicos dos dois partidos e que, regra geral, têm optado por candidatos mais novos (mas que nestas eleições, por alguns candidatos conhecidos também não escapam a esta tendência).
    Nada tenho contra as pessoas de mais idade estarem "implicadas" na política e sei que, se isso tem muito a ver com o aumento do número de "mais velhos" na sociedade portuguesa, também é verdade que é o exemplo de uma ruptura que parece estar a haver entre um sistema politico montado e construído em torno dos partidos, hierarquicos e verticais, e as gerações mais novas.Foi apenas isso que quis sublinhar.

    Carlos Júlio

    ResponderEliminar
  21. Confrangedor não é o bloco de esquerda apresentar 4 ou 5 candidatos cujo somatório faz quase 200 anos.

    O problema é que o bloco esgotou os temas fraturantes e agora ficou reduzido a ideias velhas. É um partido comunista que aceita apenas a legalização das drogas.

    No dia que estes burgueses armados em lutadores de classe, deixarem de consumir produtos originários de países exploradores, era giro de ver.
    Mas como são hipócritas, nunca abdicarão do Mercedes, dos ténis Timberlam ou das idas ao Pingo Doce Continente.

    ResponderEliminar
  22. Preocupante é o PS ainda não ter candidato defenido(a quatro meses e meio de eleições).

    ResponderEliminar
  23. 11h16

    Não seja mentiroso. Você nem sabe o nome dos candidatos do BE quanto amis a sua idade. Os nomes que aparecem - ponha iso na sua cabeça - da escritora Margarida Morgado e do dr. João Almeida são mandatários das listas não de candidatos. Mas mesmo que o fossem eram bem mais novos do que a sua cabeça ó comentador infeliz, independentemente da sua idade.

    ResponderEliminar
  24. António Gomes15 maio, 2013 12:11

    Ó anónimo de 15 Maio, 2013 11;16
    Por acaso conheces o Bloco?
    Quantos conheces com Mercedes?
    Que ténis calçam os teus filhos?
    (Desculpa, tu não és do Bloco)

    Um abraço bloquista.

    ResponderEliminar
  25. Há sempre uns iluminados por aí, a soltar verdades insofismáveis aprendidas em cartilhas gentilmente distribuídas pela pastorícia.
    Lêem, decoram e como foi o "pastor" que forneceu, nem precisam de pensar criticamente na bíblia.
    Depois quando são confrontados com a realidade, tentam enfiar as peças do seu puzzle e quando elas não encaixam, soltam o vazio que há em si.
    Falam do que não sabem, criticam a ficção que eles próprios criaram, insultam e ficam satisfeitos com a obra produzida.
    Não saem dos limites impostos ao rebanho e por isso não atingem que só o rebanho os aplaude.
    O BE apresenta propostas, está aberto a sugestões dos munícipes que possam ser integradas no seu programa, está em contacto com todos os cidadãos, vai ao encontro deles.
    O BE apresentou os seus candidatos e o mandatário e disponibilizou o nome de quem encabeça a sua comissão de honra. Mais, muito mais do que os outros fizeram até aqui.
    O Bloco disponibilizou as linhas guia da sua proposta eleitoral, atempadamente, para que todos as conheçam, para que possam ser debatidas e melhoradas.
    De tudo isso o que se discute é a idade das pessoas, como se a idade fosse um anátema, ainda por cima com algumas críticas vindas do partido que não só tem o mais "jovem" secretário geral, mas cujos cabeças de lista à Câmara de Évora são significativamente mais velhos do que quaisquer outros.
    Enfim...

    ResponderEliminar
  26. Sampaio

    Mas isso de aceitar sugestões, até o governo têm na plataforma. Qualquer partido tem uma caixa para aceitar ideias dos cidadãos.
    É muito pouco que o BE se guie apenas pelas propostas que vão surgindo daqui e dali.

    Nesta altura do campeonato (tiveram 4 anos pelo menos para se orientarem e prepararem) tinham obrigação de ter um programa razoavelmente estruturado que tocasse os temas quentes da cidade: gestão da dívida e água.

    Realmente o que mais de visível o BE têm para dar, é mesmo a cara das pessoas e consequentemente uma estimativa da idade.

    ResponderEliminar
  27. 15:01
    Isso é óbvio e temos as nossas propostas como entenderá, nada o leva a inferir o que afirmou, a partir do meu comentário.
    É apesar de tudo importante escutar os anseios das pessoas e tentar enquadrá-los numa proposta eleitoral, chama-se a isto dar voz aos cidadãos, o objectivo é esse.
    O governo tem tudo fechado, e lança o isco para sacudir do capote a água suja resultante da sua incompetência, não é esse o nosso caso.
    Até agora que eu saiba o Bloco tem divulgado propostas, mais do que qualquer outra força política e, se abordei a questão das idades foi precisamente para a desmontar, isso como sabe nunca partiu do BE...

    ResponderEliminar
  28. O tribunal indeferiu a providência cautelar contr a candidatura de João Rocha à Câmara Municipal de Beja.

    ResponderEliminar
  29. oh Sampaio

    Que presunção!
    Então o BE tem apresentados mais propostas que os outros???
    Qual a contagem que fazes de cada um?

    ResponderEliminar
  30. 19:14
    diga lá então quais a spropostas apresentadas pelas outras forças políticas.
    Já agora: http://www.construiralternativa.org/index.html

    ResponderEliminar
  31. O benfica já jogou?

    ResponderEliminar
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  33. João Almeida a PRESIDENTE!!!

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.