segunda-feira, 20 de maio de 2013

Évora Shopping vendido a um "fundo de investimento" (cujo nome não foi revelado)


A EVRET SA, entidade promotora do Évora Shopping, empresa do grupo Imorendimento, chegou a acordo, com um fundo de investimento português que preferiu reservar-se, relativo à transacção do centro comercial Évora shopping, empreendimento que abrirá portas até final do ano. Este negócio vem confirmar a confiança dos agentes económicos no projecto que está a ser implementado na cidade alentejana, mesmo levando em conta a difícil conjuntura económica que o país atravessa.
O sucesso do projecto Évora Shopping pode também medir-se pelo nível de comercialização, que a cerca de meio ano da inauguração já ronda os 75%, contando com insígnias como a H&M, a Sportzone, a espanhola Cortefiel ou os supermercados Lidl. O Évora Shopping será ainda uma referência na área do lazer em toda a região, contando com cinco salas de cinema, equipadas com as tecnologias de projecção mais avançadas, e que serão exploradas pela Zon Lusomundo.
Representando um investimento significativo, o centro comercial estende-se por um imóvel com 20.000m2 de área de construção, dos quais 16.400m2 são área bruta locável, distribuídos por dois pisos, disponibilizando ainda 1.200 lugares de estacionamento, 500 dos quais subterrâneos. Pensado para um universo de aproximadamente 300 mil pessoas, o Évora Shopping assume-se como um pólo de atracção para todos o Alentejo, sendo ainda de destacar tratar-se de um investimento gerador de emprego, factor que assume particular importância no momento actual.
Não foi incluído nesta transacção o retail park de Évora e o stand alone onde opera a IZI que se mantêm na esfera da Evret.
Fonte da EVRET SA, comentou que a concretização deste negócio “demonstra que o mercado funciona e que mesmo numa altura em que o consumo interno está em recessão, uma aposta como o Évora Shopping prova que ainda há espaço para investimentos geradores de riqueza e emprego”. (nota de imprensa da EVRET, SA)

19 comentários:

  1. Com estas transacções vê-se mesmo o futuro que vai ter. Nem me parece que abra portas nos próximos anos.

    ro. sousa

    ResponderEliminar
  2. «Este negócio vem confirmar a confiança dos agentes económicos no projecto...»

    O que este negócio mostra é que não há interessados naquele negócio. Ou, dito de outro modo, as empresas com Know-how e vontade de explorar Centros Comerciais, não estão interessadas no negócio. Já não estavam quando apareceu a Imorendimento e, agora, pelos vistos mantém-se o desinteresse. Daí o fundo imobiliário, que nem dizem quem é...
    Ou seja, mais uma negociata (Trio maravilha da Cerca 3, Presidente CME e sua excelsa consorte) que começou mal e ameaça terminar ainda pior...

    ResponderEliminar
  3. SILVEIRINHA/LUSITANO/CME/CCRDA/BLOCO CENTRAL.................

    ResponderEliminar
  4. Já cá faltava a comunalha e a Silveirinha e a propaganda profissional do partido.

    Porque é que esta gente não apresenta uma queixa no ministério público? Isto só demonstra que são canalhas mal intencionados cujo objectivo é a chafurdice e lançar nomes pra lama.

    ResponderEliminar
  5. Foi "vendido" ao BES... que era credor da empresa proprietária.
    Está a ver-se que tipo de "venda" foi.

    ResponderEliminar
  6. CANALHAS mal intencionados são aqueles que REBENTARAM com a CIDADE.

    ResponderEliminar
  7. http://teresaforcades.com/

    ResponderEliminar
  8. A ESCUMALHA que REBENTOU com a CULTURA e o DESPORTO nesta Cidade,esses são a pior trampa que Évora já conheceu.

    ResponderEliminar
  9. A hipocrisia deste comunicado deveria fazer dele um caso de estudo no meio jornalistico e da comunicação empresarial... Está tudo na perfeição, o centro comercial é um sucesso, mas a gente vendeu porque sim... (sabe-se agora que ficou mas mãos de um fundo gerido pela entidade credora, o BES...)

    ResponderEliminar
  10. @21:58
    O que tu queres sei eu?
    Mas, como diz o povo, quem não quer ser lobo não lhe veste a pele!...

    A negociata do centro comercial, para favorecer os interesses do Trio Maravilha, com o patrocinio de sua excelência, foi das acções mais vergonhosas deste executivo PS.

    Foi por isso que correram com a SONAE, apesar do projecto que esta empresa apresentou estar totalmente de acordo com o Plano de Urbanização.

    E, depois de fazerem tudo para liquidar o projecto SONAE, queriam vender-lhe este projecto. Só que a SONAE fez um manguito e mandou-os ir brincar aos negócios para outro lado.

    E, agora, estão com o 'menino' nos braços, sem ninguém interessado em explorar o CC, e sem saber saber para onde aquilo vai cair...

    Se houves justiça isenta e a polícia investigasse, se calhar ainda alguém se queimava no meio de tanta trafulhice...

    ResponderEliminar
  11. Afinal, foi uma venda ou uma execução de uma dívida ao BES?

    No fim de semana foi-se o Juventude.
    Agora, vai-se o Centro Comercial e os CINCO Cinemas!
    Esta cidade vai de mal a pior. Parece um corpo a esvair-se, prestes a entrar em coma...

    ResponderEliminar
  12. Isto deve ser culpa dos comunas ou dos malandros dos funcionários públicos, que andam a boicotar o trabalho de Zé...

    ResponderEliminar
  13. O Évora Shopping já está nas mãos do BES. Tal como o Dinheiro Vivo noticiou este fim de semana, o centro comercial, que ainda está em construção, estava para ser executado, devido às elevadas dívidas, tendo agora já sido incluído num dos fundos de recuperação de ativos imobiliários que o banco gere.
    Ao que o Dinheiro Vivo apurou, este fundo irá agora assegurar que a construção do centro é concluída, até porque 70% das lojas já estão pré-arrendadas, sendo este um dos ativos que o banco tem em carteira que mais pernas tem para andar.
    É que neste fundo está também o antigo Beloura Shopping, agora Fashion Spot, onde há várias lojas a fechar e as que ainda estão abertas estão com salários em atraso. Este fundo tem ainda sob gestão o Ferrara Plaza, em Paços de Ferreira, o outlet Campera e o Acqua Roma, na Avenida de Roma em Lisboa.
    O Évora Shopping, avaliado em 60 milhões de euros, abre no final deste ano, sendo já a segunda vez que o calendário da inauguração derrapa. Se de facto se concretizar, será o únicos centro comercial que vai abrir este ano em Portugal.

    http://www.dinheirovivo.pt/Empresas/Artigo/CIECO160002.html

    ResponderEliminar
  14. Nós Eborenses, esperamos pacientemente que o partido comunista apresente queixa no ministério público acerca da corrupção na cidade, para que se faça luz definitivamente sobre o tema e que os camaradas anónimos deixem de chafurdar nisto eternamente.

    Será que têm tomates para o fazer?

    ResponderEliminar
  15. @12:57
    Nós eborenses, há muito que deixamos de acreditar naqueles que remetem constantemente as decisões políticas para o sistema de justiça (que sabem não funciona com deve ser! E não devem ser servir para justicializar a política…) para branquear as suas decisões pouco transparentes e nada esclarecidas.

    Nós eborenses, há muito que deixamos de acreditar em partidos que se regem por compadrios, tráficos de influências, corrupções e outras negociatas (sejam elas concretizadas sob o avental da maçonaria, ou escritas num guardanapo de restaurante, após uma boa jantarada…).

    Nós eborenses, sabemos bem como foi a prática do PS/Évora a dirigir a autarquia, e os resultados que isso deu (a factura da falência, vamos ter de pagá-la, durante 20 anos, pelo menos...)

    ResponderEliminar
  16. @12:57
    Nós eborenses, há muito que deixamos de acreditar naqueles que remetem constantemente as decisões políticas para o sistema de justiça (dividindo-se entre a partidarização da justiça e a justicialização da política…) para branquear as suas decisões pouco transparentes e nada esclarecidas.

    Nós eborenses, há muito que deixamos de acreditar em partidos que se orientam por compadrios, tráficos de influências, corrupções e outras negociatas (sejam elas concretizadas sob o avental da maçonaria, ou escritas num guardanapo de restaurante, após uma boa jantarada…).

    Nós eborenses, sabemos bem como foi a prática do PS/Évora a dirigir a autarquia, e os resultados que isso deu (a factura da falência, vamos ter de pagá-la, durante 20 anos, pelo menos!...)

    ResponderEliminar
  17. Estes corruptos, ou aprendizes de corruptos, imitam a táctica do Pinto da Costa:
    Apanhados em flagrante, com a boca no trombone, remetem para a Justiça e, depois, rejubilam porque esta não os condena.
    (Só esquecem de nos dizer, que a Justiça foi paralisada pela próprias leis que os corruptos patrocinaram e aprovaram enquanto Governo e na AR).

    E nós, mesmo sabendo ou tendo ouvido da boca dos próprios, as moscambilhas e os meandros da corrupção, temos de nos calar, para que eles continuem a andar de peito feito como se fossem gente séria e impoluta…
    Afinal, aprenderam na cartilha dos grandes mestres do futebol lusitano…

    ResponderEliminar
  18. No plano político o que?!
    Mas agora basta um tipo teimoso vomitar umas coisas para passar a ser verdade?
    Vai ser uma campanha bonita.
    O Pinto Cavaco em pose de estado e os outros atras de um écran a difamar.
    Évora não volta a ser comunista!

    ResponderEliminar
  19. @20:58
    Isso coloca-lhe rótulos e fala em insultos que a gente acredita.

    Mas, já agora, explica-nos porque é que sua excelência chumbou o Centro Comercial da SONAE e aprovou o CC do 'trio maravilha'...

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.