quinta-feira, 9 de maio de 2013

"A UTOPIA de um cidadão", de Gonçalves Correia, em exposição em Alvito

2 comentários:

  1. António Gonçalves Correia foi um dos brilhantes alentejanos do Séc. XX. A sua obra "A revolução é a minha namorada", é um documento ímpar do pensamento anarquista em Portugal.

    ResponderEliminar
  2. Concordo em tudo consigo. Que Gonçalves Correia foi um brilhante anarquista e um brilhante alentejano. Que escreveu inúmeros artigos, etxtos de conferência e livros. Mas, deixe-me que lhe diga, Miguel Bento, "A revolução é a minha namorada" não foi escrito por Gonçalves Correia, embora seja uma biografia sobre si próprio. Foi escrita pelo ex-jornalista Alberto Franco, em 2000, por solicitação de Fernando Caeiros, então presidente da Câmara de Castro Verde, concelho da naturalidade de Gonçalves Correia e onde ainda há muita gente que o conheceu em vida.
    Cumprimentos

    um castrense.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.