quinta-feira, 11 de abril de 2013

são muito diferentes as percepções do mesmo mundo


o concelho está hoje muito melhor do que quando assumi a presidência" afirmou o Sr. Presidente da Câmara na reunião pública de ontem à tarde.

À mesma hora, noutra reunião pública onde também se analisava o estado da Câmara de Évora,  diferentes trabalhadores da mesma casa estavam preocupados como "consertar os cacos",  "reabilitar a dignidade da instituição", ou o que fazer depois "do tempo do esvaziamento".

Parece claro que estamos a precisar de mediadores no discurso público. Ou corremos o risco de continuar a pensar que o nosso pequeno mundo é o mundo de todos. ( E olhe que não, olhe que não!)

28 comentários:

  1. Coitado do senhor está muito,muito doente,por favor levem o senhor para casa.

    ResponderEliminar
  2. Ora não é , pois é ; Portugal tb está muito melhor hoje que na Idade Média .

    No entanto hoje a podridão quer de Portugal ou de Évora , é tão abismal que qualquer Pastor da Igreja Universal do Calote , vai sempre pintar tudo como o paraíso visto por Jesus Cristo .

    ... um doente terminal quando se pergunta a um familiar , " como está hoje ? " ... resposta sempre igual : " está melhor , obrigado " , um dia falece ... com tantos dias de melhoria até parece que nunca esteve na faze terminal .

    Ninguem hoje e nunca vai assumir a podridão de Évora e Portugal !!!

    ... é o que temos , eu sei !

    Jorge

    ( ciclista )

    ResponderEliminar
  3. Ora bem em 2002,a divida era de 35 Milhões,hoje é de 100 Milhões,realmente Évora está muito melhor em Dividas.

    ResponderEliminar
  4. Nos anos 80 este senhor era admirador de Staline e Enver Hodja.

    ResponderEliminar
  5. «Évora está muito melhor do que em 2001.»

    Mas o senhor perdeu completamente a noção do ridículo?

    ResponderEliminar
  6. Está melhor sim senhor
    Tem muitos mais buracos e não só financeiros, e nas calçadas, são as dividas ás empresas que acabaram algumas por falir.
    Levem o demente, vá olhar para as passarinhas porque nisso era bom e quem sabe de passarinhas nunca esquece é como andar de bicicleta

    ResponderEliminar
  7. Assim não, sr. doutor. Lembre-se que disse, e bem, o nosso poeta Aleixo:

    A mentira para ser segura
    E atingir profundidade
    Tem de trazer à mistura
    Qualquer coisa de verdade

    ResponderEliminar
  8. Foram 12 anos de estagnação, retrocesso e... muitas MENTIRAS. Mas o pior ainda está para vir...
    Nos póximos 20 anos vamos andar a pagar da factura de tanta mentira, tanto compadrio e tanta incompetência. Em 3 mandatos conseguiram um feito de "excelência": mandar uma autarquia ao charco.

    ResponderEliminar
  9. A comunalha está de serviço?

    E a Drª Dores já está a fazer a comunicação da candidatura do PCP?

    ResponderEliminar
  10. comunalha: a cassete dos neo-fascistas.

    ResponderEliminar
  11. Esta excelente,espaços verdes triplicaram,novas zonas deposito de lixo também,muita degradação como modelo arquitetonico e de viagem no tempo falta de pavimentação espaços públicos abandonados etc...e claro ficou a excelente moldura 100 milhões bordada pela brilhante incompetência.

    ResponderEliminar
  12. Pantomineiro!
    Nunca pensei ver um individuo que julguei sério, tolerante e… inteligente, transformado num reles pantomineiro. Um aldrabão que passou 12 anos a vender banha da cobra e a imaginar excelência, que ninguém sabe onde está a não ser ele próprio.

    ResponderEliminar
  13. O ZÉ nunca deixou de ser stalinista.

    ResponderEliminar
  14. Será percepção ou cegueira?

    ResponderEliminar
  15. @16:54
    Deve ser por essa razão que mudou para o PS. Achou que o estalinismo do PS era melhor que o do PC.

    (Ou lá pá, porque não vais pregar para outra freguesia e nos poupas às tuas cretinices? É que já não há paciência para te aturar.)

    ResponderEliminar
  16. E ele não explicou onde se podem ver as "melhoras" do concelho?
    Ou isso é coisa só alcance dos olhos de gente ‘inteligente’, tal como aquele tecido maravilhoso que um alfaiate pantomineiro usou para trajar o Rei (que ia nu)?

    De qualquer modo, talvez o Frota fizesse mais artigozito a explicar as virtualidades das 'melhoras' e sua importância para o turismo do concelho. Acredito que haveria milhares de pessoas em peregrinação para tentar avistar o fenómeno. Eu pelo menos não perdia o espectáculo. É que deve ser coisa rara e… bem escondida.

    ResponderEliminar
  17. Basta a gente ver a falta de nível dos secretários que ele contratou (*), para a gente perceber o estado a que aquilo chegou...

    (*) não cito nomes, mas creio que todos sabem a quem me refiro.

    ResponderEliminar
  18. Obviamente que o Ernesto vive noutro mundo. Sabe perfeitamente que afundou a cidade, que a deixou na miséria, e nem sequer é convincente naquilo que afirma.
    O PS nunca terá o meu voto...
    Quanto à CDU, a ruenião que fez com os trabalhdores da Câmara é vergonhosa. Vestem-se de boas intenções, mas o significado da reunião foi claro: saber quem está do lado da CDU, prometer nas entrelinhas que estes vão ser beneficiados, e preparar a perseguição aos trabalhadores que não votarão CDU... Sabemos bem como é o PCP em Évora... Vemos e sentimos...
    À esquerda, para mim, apenas haverá uma opção de voto...
    Não votarei na mentira, mas também não votarei na perseguição...

    ResponderEliminar
  19. Em todas as autarquias os candidatos da CDU reunem-se com os trabalhadores. E por um motivo muito simples, os trabalhadores são parte integrante do projeto CDU.

    antónio jacinto

    ResponderEliminar
  20. Reuniões com os trabalhadores são no local de trabalho. Não se fazem lançando um isco para ver quem está com e quem está contra. A ideia do PCP é clara como a água. Aliás, dentro da Câmara já se sente a pressão...

    ResponderEliminar
  21. 18:58
    Podes concretizar? Quem, quando, onde se sente a pressão? Ou será que estás apenas a levantar poeira?


    ResponderEliminar
  22. Assim de repente, acredito que os "trabalhadores" estejam a trabalhar com outras intenções e para "alguem" em especial.
    Cheiram-me não a comunistas mas a comunalha.

    ResponderEliminar
  23. o pessoal PCP (dito CDU) da CME sabota todos os serviços para as pessoas ficarem mal dispostas com a camara... perigoso e habitual

    ResponderEliminar
  24. Quando o PS la chegou aquilo estava minado de comunistas de emprego de cunha partidária. Veio o PS e meteu boys. Como não foram despedidos - e nós a pagar a esta gente toda - estão lá todos a comerem-se uns aos outros.

    ResponderEliminar
  25. Para alguns dos comentadores, parece que o que era bom era voltarmos aos tempos do fascismo quando os funcionários públicos era obrigados a preencher um declaração de louvour ao fascismo e de repúdio do comunismo.

    Mas felizmente que esses tempos acabaram, apesar do actual executivo não se ter poupado a esforços (e em muitos casos conseguido) para expulsar com os melhores funcionários.

    Depois, admiram-se do resultado a que aquilo chegou? Eu não.

    ResponderEliminar
  26. Um vintém é um vintém e um mentiroso é um mentiroso. Já dizia a minha avó...

    ResponderEliminar
  27. Pressão coisa nenhuma!
    Pressão sobre os funcionários municipais fez o PS há 12 anos quando conquistou a CME à CDU:
    - promoveu a intriga e a delação;
    - desconsiderou e maltratou;
    - colocou os funcionários uns contra os outros;
    - utilizou-os como bode expiatório para os seus insucessos;
    - engavetou quem pensava diferente;
    - promoveu os "yes man".
    O resultado?
    Uma Câmara paralisada, "gerida" por chefias desinteressadas e incompetentes. Só por acaso ou cunha é que os assuntos se resolvem...

    ResponderEliminar
  28. A comunalha ataca.

    Seja numa fábrica não estatal - hoje já não existem e por isso mesmo os sindicatos no privado são fracos - ou numa autarquia, numa repartição pública ou num hospital faz parte da missão de um comunista ser do contra a tudo que nõ seja comunismo.
    Foi na ditadura e será na democracia

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.