quinta-feira, 11 de abril de 2013

PS/Évora: mas que é que se passa?

Militantes do PS reunidos no Palácio D. Manuel, no passado dia 3 de Abril, para ouvir António José Seguro

Já o PCP tem a lista à Câmara quase completa e publicitada (Pinto Sá e Eduardo Luciano), com candidato à Assembleia Municipal (António Jara) e tudo, o mesmo se passando com o Bloco de Esquerda (Maria Helena Figueiredo e Bruno Martins). Também o PSD já anunciou o seu candidato à Câmara Municipal de Évora (Paulo Jaleco). enquanto o PS parece andar a "dormir na forma". É quase incomprensível que o partido mais votado na Câmara ande neste rame-rame do diz que disse e com essa inovação dos candidatos a candidatos. 
No final de Março anunciava-se que o processo deveria estar concluído a 9 de Abril. O 9 de Abril já lá vai e ninguém parece acreditar que Manuel Melgão possa ser o candidato à Câmara, depois de Capoulas Santos e António Serrano terem dado "nega" a António José Seguro. Diz-se que nomes não faltam (Rondão de Almeida bem pode argumentar que Pulido Valente, em Beja, ultrapassa já os 3 mandatos, mas não o querem ouvir) e ao acincotons até já falaram da disponibilidade manifestada por Henrique Troncho.  
Mas seja quem for - decidam-se. Ou então façam uma declaração pública de que entregam a Câmara sem luta, o que até poderia ser um gesto singular. Mas não há memória de que numa Câmara, em que tem a maioria, um partido hesite tanto e pareça não saber quem candidatar. 
A incapacidade de soluções e de diálogo que marcou o reinado de José Ernesto Oliveira estará também a contaminar a escolha dos candidatos? Parafraseando o que há alguns anos atrás estava escrito no paredão de Alqueva: "Decidam-se, porra!" para o baralho ficar completo e a opinião pública poder começar a descartar.

33 comentários:

  1. Quando cheira a vitória, todos se querem chegar à frente. Quando cheira a derrota é isto...

    ResponderEliminar
  2. Correm rumores na cidade,que até já ouve tentativas de violência fisica nas ultimas reuniões,o clima é de cortar á faca,isto dito por um dirigente ps.

    ResponderEliminar
  3. Autêntica palhaçada,o que se passa no meu partido,com tantos anos de militância nunca vi tanto garoto a mandar,


    fernando,39 anos de militância.

    ResponderEliminar
  4. O "socialista" que roubou as cobranças da água já foi condenado em processo disciplinar, mas falta o processo da judiciária.
    O que roubou o selo branco continua a monte.
    O que roubou as águas do concelho, continua por aí, impune.
    O que ofereceu uma Praça de Touros (palácio dos congressos do PS), diz que está tudo melhor.
    O que enterrou a câmara em dívida, continua a afundar a cova.
    Quem desbaratou o erário publico, em obras e contratos inúteis e danosos, continua a lavar-se dos crimes, quer voltar a saltar para cima, voltar a cavalgar os munícipes.
    ...
    Seria aconselhável verificar quem beneficiou quem, com os crimes. Que associações criminosas nos assaltaram.

    Se não queres ser roubado, não voltes a votar em gatunos.

    ResponderEliminar
  5. Já "ouve tentativas de violência fisica nas ultimas reuniões"?

    Contem lá isso que os eburenses precisam de saber mais sobre essa mafia.

    ResponderEliminar
  6. O PS sabe o estado da autarquia,por isso não está interessado em continuar.

    ResponderEliminar



  7. 100 MILHÔES de DIVIDAS

    ResponderEliminar
  8. O que se passa é muito simples: em 3 mandatos o PS não fez obra, e apenas conseguiu desorganizar a câmara colocando-a à beira da insolvência.
    E como se compreende não é fácil lidar com isto, nem encontrar uma pessoa séria e competente que aceite dar a cara por esta herança.

    Está, por isso, o PS partido em 2:
    - por um lado os rapazes que tomaram conta da direcção concelhia, secretários do Ernesto na CME, que querem manter a linha suicida que vem sendo seguida, e que apoiam Melgão para continuar a “obra” ernestina…
    - Por outro lado aqueles que querem romper com o actual estado de coisas, e que querem constituir uma lista de pessoas sem qualquer espécie de ligação com o descalabro dos últimos 12 anos, apoiada pela direcção distrital de Bravo Nico.

    O que vais sair daqui, não se sabe. Mas, pelas notícias que se vão conhecendo, não parece ser coisa boa.

    ResponderEliminar
  9. O estado miserável da cidade e o estado miserável das contas pesam muito,ninguém quer ser o pai desta criança socialista,o que deu o corpo as balas Melgão foi em ato de loucura e desespero.
    A autarquia esta oferecida os comunistas,mas é um presente bem envenenado!

    ResponderEliminar
  10. Está visto que o Ernesto (e seus boys amestrados) se transformou num (grande) problema para o PS.

    Para os militantes mais antigos nunca passará de um 'cristão-novo', a quem dificilmente esquecerão os seus tempos de militância PC. Para os mais jovens não será fácil lidar com a falta de perspectivas de futuro e o estado deplorável a chegou a cidade e o concelho.

    Exceptuam-se a meia-dúzia de jovens turcos, a quem Ernesto deu emprego na CME, e que se comportam dentro do partido como tropa de choque contra os mais antigos e alguns ‘barões’ que cortaram com Ernesto.

    Ou seja: o Ernesto que foi usado como alavanca para o PS conquistar o poder autárquico de Évora aos comunistas, transformou-se na dinamite que destruiu a autarquia, e consequentemente a imagem do PS, e ameaça de implosão o próprio partido.
    Aguardam-se próximos desenvolvimentos. Mas as nuvens acumulam-se no horizonte, e o ambiente está a ficar (muito) negro.

    ResponderEliminar
  11. Mas esses atritos no ps são entre quem? Quem está a fazer essa guerra?

    ResponderEliminar
  12. Camaradas do PS candidatem o Fernando Morgadinho.....AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH..

    ResponderEliminar
  13. @11:19
    De um lado a concelhia (Francisco Costa, Netaniel, Cláudia, Lino, Melgão, ...) e de outro a distrital e alguns barões (Bravo Nico, Fernanda Ramos, Troncho...).
    Outros desistiram ou não se querem meter: Capoulas, Serrano...

    ResponderEliminar
  14. E nessa trapalhada toda quem vai à frente e é preferido? Quem é o candidato que ganha?

    ResponderEliminar
  15. Por mais que se esforcem os velhos do Restelo que acamparam neste blog, Melgão, Francisco Costa e Cláudia, com Ernesto de regresso à Assembleia Municipal, será uma boa lista para ganhar e continuar o bom trabalho que tem sido feito.
    Por mais que comentem a dizer o contrário, a verdade é a Câmara de Évora está hoje muito melhor do que a Câmara deixada em 2001 pelos comunistas. E ninguém quer regressar ao passado, o Futuro é em frente. Para trás mija a burra.

    ResponderEliminar
  16. O PS em Évora é um saco de gatos,minado pelas negociatas e situações obscuras,os dirigentes do ps estão nas "mãos" de gente altamente perigosa.

    ResponderEliminar
  17. Camaradas onde estão os verdadeiros socialistas,capazes de varrer com todo este lixo que tramou o nosso PS.

    ResponderEliminar
  18. O tempo dos Ernestos,capoulas,Morgadinhos,Damas,já passou este ps não tem cura com esta trampa.

    ResponderEliminar
  19. @12:05
    Na última volta o Melgão ia à frente. Mas agora já ouço gritos de que o Troncho se aproxima em pedalada forte e ritmada. Será que vai ultrapassar o Melgão antes de cortar a meta?...

    ResponderEliminar
  20. @12:11
    «O PS em Évora é um saco de gatos, minado pelas negociatas»

    ou:

    O PS/Évora é uma negociata combinada por um saco de gatos’

    ResponderEliminar
  21. Aprecio a senhora do Bloco esquerda e o Jaleco.
    O PS não é opção pelo que fez de mau e o PCP não deveria estar a candidatr o dinossauriu.

    ResponderEliminar
  22. Continuo a não ser capaz de acreditar que o PS possa apresentar Melgão como candidato a presidente da CME.

    Não se esqueçam que Évora tem voo marcado com o futuro. E precisa de um bom piloto e com muita experiência de voo...

    ResponderEliminar
  23. Há que lebrar que se o incompetente Zé do Cano lá esteve tantos anos, a culpa foi dos eborenses.
    No 1º mandato mostrou claramente o aldrabão e o incompetente que é. Apesar disso, os eborenses elegeram-no outra vez.
    No 2º mandato confirmou que não passa de um incompetente e aldrabão. Mas os eborenses voltaram a elegê-lo.
    E agora vêm queixar-se do quê? Queixem-se de vocês mesmos, palhaços!
    Já estou farto de tanto choradinho, tanta queixinha de menino ranhoso; são sempre os outros, nunca são vocês.
    A culpa não é minha. Votei PCP e voltarei a votar PCP. São os únicos que estão ao lado do povo e de quem trabalha. O resto? São uma cambada de chulos e oportunistas. E quem vota em chulos...

    Carvalho

    ResponderEliminar
  24. "Lembrar". Claro.

    Carvalho

    ResponderEliminar
  25. Só acredito no Jaleco que infelizmente é do partido da bosta do Gaspar e do Coelho manhoso.
    Tá cá uma açorda

    ResponderEliminar
  26. Ampliar a fotografia, para ver o lobo, no meio dos cornudos.

    ResponderEliminar
  27. Triste PS arruinou Évora,agora andam todos zangados,a culpa da divida é: do zé,do melgão,do fernando

    ResponderEliminar
  28. Triste PS arruinou Évora,agora andam todos zangados,a culpa da divida é: do zé,do melgão,do fernando

    ResponderEliminar
  29. Triste PS arruinou Évora,agora andam todos zangados,a culpa da divida é: do zé,do melgão,do fernando

    ResponderEliminar
  30. do damas,do capoulas,do troncho,da fernanda,é triste de mais,partido de poder,enlameado cheio de trampa oportunistica.

    ResponderEliminar
  31. "Já o PCP tem a lista à Câmara quase completa e publicitada (Pinto Sá e Eduardo Luciano), com candidato à Assembleia Municipal (António Jara)".
    Que eu saiba só foram divulgados os cabeças de lista à Câmara e Assembleia Municipal (Pinto de Sá e Jara, respectivamente). Donde aparece o nome de Eduardo Luciano? Foi "publicitado" ou é um palpite (ou até um desejo) do autor do post?

    ResponderEliminar
  32. 1:00

    vê-se que queres conversa...

    ResponderEliminar
  33. @01:00

    Ou será um recado?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.