sábado, 13 de abril de 2013

Câmara de Aljustrel (PS) dá nome de Alvaro Cunhal a uma rua e recorda o "Grândola Vila Morena"


Amanhã, domingo, 14 de abril, a Câmara de Aljustrel prestará homenagem ao "poder local democrático" e a "Álvaro Cunhal", colocando os seus nomes em duas ruas da vila, numa cerimónia que decorrerá pelas 10h30 na sede de concelho.
O poder local democrático encontra-se cada vez mais ameaçado pelas recentes medidas perpetradas pelo poder central, no entanto, e resistindo a tantas limitações constitui-se cada vez mais como o elo forte no apoio às comunidades e às suas gentes, tendo desde o 25 de Abril promovido inúmeras políticas públicas que têm criado desenvolvimento e consequente melhoria da qualidade de vida das populações do país.
Álvaro Cunhal é uma figura incontornável no processo de luta contra o regime ditatorial, tendo ao longo da sua vida lutado pelos seus ideais, promovendo-os a nível político, artístico e cívico, assim e no âmbito das comemorações do centenário do seu nascimento, o município de Aljustrel reconhece o seu papel na luta pelo derrube de um regime opressor que ao longo de anos adiou o desenvolvimento de Portugal, atribuindo-lhe o nome de uma rua na sede de concelho.
Ainda este domingo dia 14, pelas 15h30, Aljustrel recebe a tradicional tertúlia do 25 de Abril, no espaço Oficinas de Formação e Animação Cultural, com o tema “Grândola vila morena de senha da revolução a canção nacional”.
Para esta tertúlia foi convidado o comandante Almada Contreiras, militar que escolheu o “Grândola” como sinal do 25 de Abril e natural do concelho, Francisco Fanhais, músico de intervenção e companheiro de luta de Zeca Afonso e ainda a professora do ISCTE, Maria Luísa Tiago Oliveira, que se encontra a desenvolver um projeto de estudo sobre o papel do MFA na revolução de Abril. (aqui)

2 comentários:

  1. O PhD da LTO é sobre os Estudantes e Povo na Revolução e o seu CV está online. Pode ver-se aqui (colar directamente no browser, se necessário): http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=9037320190479866 .

    ResponderEliminar
  2. Cunhal?

    Salazar só foi pior que ele porque efectivamente mandou nisto 48 anos.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.