segunda-feira, 25 de março de 2013

Lopes Guerreiro é candidato à Câmara de Beja pelo movimento de independentes



O movimento independente e plural “Por Beja com todos” reuniu recentemente o seu Plenário de Aderentes (o mais participado de todos) e decidiu:

1 – Confirmar a decisão (tomada no Plenário de 19 de Janeiro) de apresentar candidaturas aos órgãos autárquicos do concelho de Beja nas próximas eleições.
Na base da decisão estiveram os seguintes factores: 
- as opiniões unânimes dos aderentes ao movimento nesse sentido, manifestadas no plenário;
- a disponibilidade dos aderentes em participarem activamente e de acordo com as suas disponibilidades no processo;
- o estar em curso a construção de um projecto alternativo e independente para a cidade e para o concelho;
- por se entender que o movimento “Por Beja com todos”, sendo  um espaço de participação aberto a todos e alternativo aos partidos políticos, é fundamental para se ambicionar um concelho mais activo, participativo e amigo das pessoas, das empresas e do ambiente;

2 – Reforçar a Comissão Dinamizadora com novos membros, que se disponibilizaram para o efeito, com o propósito de trabalharem activamente no processo eleitoral;

3 – Escolher, por unanimidade e proposta de Maria Angelina Soares, José Lopes Guerreiro para encabeçar a lista de candidatos à Câmara Municipal de Beja, cuja apresentação pública terá lugar no mês de Abril, em data a indicar.



Algumas das funções e actividades exercidas pelo candidato:

José Lopes Guerreiro tem 59 anos, é natural de Selmes e reside no Penedo Gordo. É assessor da direcção da ACOS e director da EXPOBEJA (desde 2003).
Lopes Guerreiro foi militante do PCP (1975/2011), vereador (2002/2005) e presidente (1994/2001) da Câmara Municipal de Alvito; vereador – substituto do presidente da Câmara Municipal de Beja (l983/1993); presidente do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Beja (1983/1991); presidente do Conselho de Administração da Associação de Municípios do Distrito de Beja (1989/1994); presidente da Comissão Instaladora e primeiro presidente da Região de Turismo da Planície Dourada (1993); presidente do Conselho de Administração da Associação de Municípios do Alentejo Central (AMCAL) (1998/2002). Foi também membro de Unidades de Gestão dos Fundos Comunitários para o Alentejo; membro do CEBA – Conselho Económico do Baixo Alentejo; presidente da NOVALVITO. E foi ainda professor provisório do ensino preparatório (1974/1975), guarda-livros (1977/1982), Organizador Executivo da RuralBeja (2002/2008) e Sócio-Gerente da Estud@lentejo.

A Comissão Dinamizadora (nota de imprensa)

10 comentários:

  1. O partido socialista assumiu o compromisso com os PORTUGUESES de não candidatar nenhum autarca com três mandatos feitos.

    Pergunto:e Pulido Valente em Beja?

    ResponderEliminar
  2. PULIDO VALENTE :dois mandatos em Mertola,Um em Beja.

    2+1=3.......Como é Dr.Seguro?

    ResponderEliminar
  3. Se o partido socialista quer manter a seu COMPROMISSO com os Portugueses,PULIDO VALENTE não se pode recandidatar pelo PS.

    ResponderEliminar
  4. A campanha eleitoral que se aproxima deve der feita de DEBATES e PROPOSTAS,por FAVOR não nos venham com plásticos e OUTDOORS e BUJIGANGAS.

    ResponderEliminar
  5. O Bloco de Esquerda dá o apoio formal a esta candidatura?

    ResponderEliminar
  6. Beja? Onde é que fica isso?

    ResponderEliminar
  7. Beja é um Monte gerido por meia dúzia de agricultores que se julgam senhores da terra! Onde eu vim parar...

    ResponderEliminar
  8. Mas afinal, que palhaçada é esta??
    O LG não ganhou a votação on-line, mas afinal ele é que é o candidato?
    E o BE apresenta candidato, ou apoia formalmente o movimento? O € da CNE fazem falta.
    Fantochada.

    ResponderEliminar
  9. joaquim palminha silva28 março, 2013 05:53

    Há de facto um problema básico: qual é o programa político do movimento que apoia a candidatura de Lopes Guerreiro?
    O LG é um cidadão respeitável, em que eu acredito, todavia, não sei nada do que está a arquitectar para Beja!
    Enfim, já não sei o que diga: parece que, de repente, ficou toda a gente idiota!

    ResponderEliminar
  10. Entradote mas giro!
    o homem é um pão

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.