quarta-feira, 6 de março de 2013

Évora: hoje no Teatro Garcia de Resende


  Foto: José Ferrolho

Dia 6 de Março, às 21h30
“O ENTERTAINER”,
a partir de “El animador”, de Rodolfo Santana

32.ª Produção Baal17 – Companhia de Teatro

“O Entertainer” é uma comédia frenética que traz ao de cima o lado mais negro da “realidade” que nos entra todos os dias casa adentro através da caixa que mudou o mundo – a TV.

Carlos e Marcelo são os protagonistas desta tragicomédia escrita em 1972 e que mantém hoje uma qualidade atemporal.
Carlos cresceu em frente ao Canal 9 e conhece a sua programação melhor que ninguém. Alienado da realidade, a ficção televisiva é o seu Deus. Mas existem no Canal 9 alguns programas que, segundo Carlos, deveriam ser emendados.
Carlos, o espetador, rapta Marcelo, o diretor do Canal 9 e responsável pelos conteúdos.
Sob a ameaça de uma pistola, Marcelo vê-se obrigado a vivenciar as ficções que criou para salvar a própria vida: um novo final para uma novela de grande audiência, filmes policiais e de cowboys, publicidades enganadoras e concursos onde os concorrentes são levados ao limite da humilhação.

encenação: Rui Ramos
interpretação: Filipe Seixas e Miguel Antunes
adaptação: Rui Ramos, Filipe Seixas e Miguel Antunes
cenografia e figurinos: Bruno Guerra
assistente cenografia: Patrícia Lopes
design gráfico: Verónica Guerreiro/ Bloco D – Comunicação e Imagem
fotografia: José Ferrolho
desenho de luz e operação técnica: Paulo Troncão
direção produção: Sandra Serra
produção executiva: Rodrigo Martins
assistente produção e figurinos: Ana Antão

Classificação: M/16 anos
Duração: 1h30

15 comentários:

  1. O Partido Socialista deve pedir DESCULPAS aos Eborenses pela gestão dos ultimos 12 anos.

    Èvora e os Eborenses vão PAGAR durante Décadas os ERROS dos socialistas na autarquia.

    ResponderEliminar
  2. Por favor não nos apresentem gente ligada ao aparelho........NOVOS ROSTOS e não compremetidos com a desgovernação socialista.

    ResponderEliminar
  3. Estamos fartos,dos Tronchos,Zorrinhos,Capoulas,Serranos,Fernandas e companhia.


    UM SOCIALISTA

    ResponderEliminar
  4. E o Movimento por Èvora?

    ResponderEliminar
  5. Qual Movimento por Évora? Deve ser anedota.

    ResponderEliminar
  6. António Gomes06 março, 2013 11:50

    Há uns dias que não visitava o "A cinco tons".
    E fi-lo propositadamente. Não porque não goste do blog. Os posts merecem-me respeito, porque a maioria dos seus conteúdos nos obrigam a reflectir sobre a sociedade e o país em que vivemos, uma quase uma ditadura, para onde nos levarem os governos pós 25 de Abril.
    Mas a razão principal, serão a maioria dos comentários que se seguem a esses posts. Revelam pobreza de espírito, iletracia, incultura, desprezo pelos outros, acincalham, etc...
    Serão tais comentadores, maioritariamente anónimos, cidadãos conscientes, que acreditam num mundo melhor?
    Que educação e cultura incutirão aos seus filhos?
    Muitas vezes, me interrogo se tais indivíduos, merecem o mundo em que vivem.
    Mas voltei ao Blog, porque me junto ao grupo que o alimenta, composto por cidadãos, esses sim cientes das suas utopias e dos seus sonhos, porque "o sonho comanda a vida."

    ResponderEliminar
  7. Ou comuna sectário das 3 primeiras respostas. Vai levar nas nalgas. E pode ser mesmo onde estejas agora. No sindicato, na câmara ou na sede do PCP.

    ResponderEliminar
  8. o sec(re)tário cretino (@12:21) destila fel e vomita ódio por todos os poros.
    E a gente bem percebe porquê...

    ResponderEliminar
  9. À atenção da Brisa e automobilistas incautos.
    Uma Eborense de 37 anos faleceu segunda-feira em acidente na A6, ao quilómetro 51 no sentido Évora - Montemor-O-Novo.
    Tudo aconteceu por falta escoamento das águas da chuva que invadem a auto-estrada naquele local, situação que é do conhecimento das autoridades. Todavia nada foi feito para que isso não aconteça.
    A Senhora deixa órfãs duas criancinhas de 4 e 6 anitos, porque os dividendos a distribuir pela Brisa aos accionistas valem mais do que a vida humana.
    Temos de mudar de paradigma, os interesses económicos não podem sobrepor-se à vida humana.
    A economia e as tecnologias deviam estar ao serviço da humanidade e não o contrário como hoje acontece

    ResponderEliminar
  10. António Gomes06 março, 2013 23:11

    COMENTADOR O6 MARÇO, 2013 12;21

    PENSO QUE TENHO RAZÃO NO COMENTÁRIO QUE FIZ SOBRE OS COMENTADOR QUE NÃO MERECEM O PÃO QUE COMEM.

    ResponderEliminar
  11. A comunalha quase não dorme.

    Metem nojo

    ResponderEliminar
  12. oh Gomes, vai levar no cóco.

    O teu mundo utópico liderado por um tipo como tu, era uma bela jana...

    ResponderEliminar
  13. António Gomes07 março, 2013 10:15

    Explica lá como seria o teu.
    Perder tempo com um tipo como tu é como dar pérolas a porcos.
    A tua linguagem é de quem não sabe o que a fazer neste mundo. Tenho pena de ti e de outros como tu. Por isso está o país como está.
    Quem te incutiu esse pensar?

    ResponderEliminar
  14. Gomes

    És idiota.
    Um inteligente nunca acabaria um discurso com uma interrogação.

    ResponderEliminar
  15. António Gomes10 março, 2013 17:45

    É melhor acabar com um ponto final?

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.