quarta-feira, 13 de março de 2013

Bloco de Esquerda confirma: Maria Helena Figueiredo e Bruno Martins são candidatos à Câmara e à Assembleia Municipal de Évora


Após um longo percurso de debate interno e auscultação de vários cidadãos e cidadãs independentes que pensam o município de Évora nos seus diferentes domínios, a Comissão Coordenadora Distrital de Évora do Bloco de Esquerda decidiu por unanimidade apresentar a candidatura de Maria Helena Figueiredo à Presidência da Câmara Municipal de Évora. 
Maria Helena Figueiredo nasceu em Setúbal a 1 de Junho de 1954. 
Em 1964 veio residir para Évora, onde frequentou o Liceu Nacional de Évora, até 1970. 
Finalizou os estudos secundários em 1972, no Liceu D. João de Castro em Almada, e ingressou nesse ano na Faculdade de Direito de Lisboa, tendo concluído em 1978 a Licenciatura em Direito. 
Não tem, nem teve qualquer filiação partidária. 
Participa ativamente em movimentos da sociedade civil: foi membro da comissão distrital de Évora na 1ª candidatura de Manuel Alegre à Presidência da República, participa em movimentos e ações de defesa da cultura e na construção das alternativas democráticas. 
O seu percurso profissional foi feito na Administração Pública onde adquiriu uma vasta experiência, como técnica e dirigente, na gestão de serviços e liderança de equipas, em contextos multidisciplinares e plurinacionais. 
Desde Julho de 2002 reside em Évora e trabalha na Direção Regional da Agricultura e Pescas do Alentejo onde chefia o gabinete jurídico e de auditoria interna. 
É membro de associações culturais e cívicas e do Grupo “Vozes do Imaginário”. 
A lista de candidatos à Assembleia Municipal de Évora será encabeçada por Bruno Martins. 
Bruno Martins, de 29 anos, é licenciado em Psicologia pela Universidade de Évora. 
É membro do Bloco de Esquerda, tendo exercido, no atual mandato, funções na Assembleia Municipal de Évora como deputado municipal. 
É Psicólogo na Associação de Paralisia Cerebral de Évora e no Gabinete de Apoio ao Estudante da Universidade de Évora. Nesta mesma Universidade tem colaborado como Assistente Convidado do Departamento de Psicologia. 

O Secretariado da Comissão Coordenadora Distrital de Évora do Bloco de Esquerda
(nota de imprensa)

33 comentários:

  1. E o PS não vai a jogo?

    ResponderEliminar
  2. Papa já temos, candidato do PS é que não...

    ResponderEliminar
  3. Bem por esta apresentação tem o meu voto estou farto de comunistas e socialistas e de políticos de carreira de cartão,Évora precisa de uma forte e profunda limpeza e de um rumo de futuro.

    ResponderEliminar
  4. Penso que é uma excelente candidatura e é a melhor que o BE podia apresenta, na minha opinião, quer para a Câmara quer para a Assembleia Municipal. Se fizerem campanha a sério, aberta e de mobilização poderão ter um muito bom resultado. Depende de não cometerem erros nem se deixarem arrastar para o diz que disse nem para o jogo sujo em que o PCP e o PS são hábeis.

    r.

    ResponderEliminar
  5. O Bloco passa de anedota a filme de terror!

    ResponderEliminar
  6. António Gomes14 março, 2013 08:41

    Só cá faltava ANÓNIMO MENTECAPTO...

    ResponderEliminar
  7. Conheço a Senhora, até gosto dela mas... vou votar no Pinto de Sá.

    ResponderEliminar
  8. António Gomes14 março, 2013 09:45

    Ó HOMEM, O QUE É PRECISO É VOTAR...

    ResponderEliminar
  9. pois. eu não voto em Pinto Sá. É comida requentada.

    ResponderEliminar
  10. Esta notícia baralha um bocado as coisas mas não muito.
    Porquê?

    O BE hoje é basicamente a UDP, cujos mentores de fundo são Luís Fazenda e o major Mário Tomé. Se Louçã, Rosas e o malogrado Miguel Portas saíram do “activo”, Luís Fazenda nunca o fez. A UDP é maioritária no parlamento e tem muito mais força política do que Semedo e Catarina juntos. Além disso, o PSR de Louçã simplesmente acabou.
    Com a morte de Miguel Portas e a saída do Daniel Oliveira, acabou-se definitivamente a possibilidade de pontes (sob o aspecto ideológico) com o PS. A tendência UDP - a única realmente organizada - é um outro tipo de Partido Comunista não Leninista.
    Inclusivamente pessoas como a Ana Drago poderão a prazo sair. É apenas um feeling meu.

    Por isso, esta candidatura poderá apenas fazer uma simples comichão ao PS por via da candidata independente. Mas benefício da dúvida seja dado. A campanha, o programa (o Bloco costuma ser paupérrimo e “amador” em matéria de programa e compromissos políticos locais) e os debates poderão fazer alguma diferença.
    Quanto ao PCP.
    É provável que esta candidatura do Bloco possa fazer alguma mossa ao PC. Sabe-se que há gente no PC descontente com o que fizeram ao Eduardo Luciano e muito Eborense que votava PC? não votará Pinto de Sá pelo simples facto de ele ter abandonado os Montemorenses a meio do mandato, para se candidatar em Évora como um “fora da lei”.

    -Conseguirá o PCP sacar os 1000 e poucos votos ao BE, que lhe faltam para passar o PS?
    Ou é o Bloco que vai baralhar as contas ao PCP, sacando-lhe os descontentes?
    -O PS conseguirá manter a distância que os separa do PCP, ou vai haver fuga de votos do PS para o Bloco? (embora eu não acredite que o PCP de Pinto de Sá capitalize votos ao PS)
    -O PS capitalizará alguma coisa na politicamente fraca candidatura conjunta PSD/CDS?
    - Quem será o cabeça de lista do PS? Um “fora da lei”? Um ex-ministro? Ex-deputado? Ex governador Civil?


    ResponderEliminar
  11. E acham que a senhora chega a ter votos suficientes para chegar, ao menos, a veredora?
    Eu tenho impressão que não. E, se assim for, um voto nela de pouco serve.

    ResponderEliminar
  12. António Gomes14 março, 2013 11:21

    Lá vem a velha teoria do voto útil.

    ResponderEliminar
  13. Todos os votos são úteis... O meu vai para a Maria Helena Figueiredo!

    ResponderEliminar
  14. Ó camaradas do PCP: se estamos numa de voto útil porque é que não votais no PS nas próximas legislativas para derrubar o PSD/CDS?

    ResponderEliminar
  15. No PSD/CDS votei eu para mandar o Sócrates de férias para Paris.
    E, agora, vou votar na lista da CDU, para mandar o Ernesto p'ra reforma!

    Percebeste, ó secretário cretino?!

    ResponderEliminar
  16. Votes ou não votes ele irá sempre para a reforma. Não será por falta do teu voto que lá continuará...

    ResponderEliminar
  17. @11:41
    É óbvio que onde se lê "Ernesto", se pode ler "Ernesto e seus boys amestrados"

    Mas também é óbvio que esse entendimnto não está ao alcance de um secretário cretino...

    ResponderEliminar
  18. Todos os votos que sirvam para correr com o PS, que levou a CME à falência e o concelho à estagnação, são úteis.
    Inuteis são todos os votos que sirvam para manter os que lá estão.

    ResponderEliminar
  19. já que se propõe análise, perguntemos:
    - o que ganha o BE com esta candidatura? Projecta uma imagem que não tem. A coerência, respeitabilidade, capacidade e conteúdos projectados serão as da candidata e não as do BE que no fim não fica nem mais rico nem mais pobre.
    - O que ganha a candidata com esta candidatura? ganha oportunidades para se fazer ouvir. Grandes condições para fazer campanha sabemos que não terá. Um programa e propostas vindas dela servirão para quê? Para alimentar um ou outro debate. E depois destas eleições? ficará mais rica ou mais pobre?

    ResponderEliminar
  20. Que falta de conhecimento... Vai ser interessante ver a cara de surpresa de alguns... :)

    ResponderEliminar
  21. Desejo que a senhora tenha o maior sucesso nas próximas eleições, pois isso contribuirá para o PS sair da Câmara.
    Na situação calamitosa em que se encontra a CME, retirar de lá o PS, mais que uma necessidade, é uma questão higiénica.

    ResponderEliminar
  22. Isto a propósito da expulsão de Alice Viera..

    Assim se vê a força do PC, não era este o grande slogan?, pois é agora parece que passou para.
    Assim se vê o dogmatismo do PC ou então assim se vê a democracia do PC..
    MdM

    ResponderEliminar
  23. Assistente Convidado do Departamento de Psicologia!

    Mas os "Beeeees" não arranjam melhor? Assistente é um grau bem rasca que poucas universiadades tê

    ResponderEliminar
  24. O meu voto está decidido: vai para a candidatura que tiver melhores condições para tirar o PS da câmara.
    Já estou farto de mentiras e incompetência.

    ResponderEliminar
  25. Porquê tanto comentário onde pouco ou nada se diz?
    A questão é só uma!
    Temos que acabar com a ALTERNÂNCIA CDS/PP-PPD/PSD-PS/XUXAS-PCP/CDU, que na Câmara de Évora só foi PCP/PS, e passar a uma ALTERNATIVA que claramente as candidaturas do BE, com Helena Figueiredo como candidata a Presidente da Câmara de Évora e Bruno Martins como cabeça de lista à Assembleia Municipal são.

    ResponderEliminar
  26. E mais: É para ganhar! Que não haja quaiquer duvidas!
    O próximo presidente da Câmara Municipal de Èvora vai ser Helena Figueiredo. E o Presidente da Assembleia Municipal será Bruno Martins.
    Só assim não sucederá se os potenciais eleitores tiverem duvidas sobre a sua capacidae de mudarem o estado a que chegámos.
    Mudar o estado a que chegámos como fez Salgueiro Maia quando na madrugada de 24 para 25 de
    de Abril de 1974 caminhou em direcção a Lisboa tendo teóricamenrte tudo e todos contra ele.
    Acredito que os Eborenses sabem o que querem e terão a coragem necessária para optarem pela mudança que urge.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. concordo , para construir uma Evora nova temos que mudar de raiz

      Eliminar
  27. @00:15
    É pá tem cuidado com o que bebes...
    Se a senhora chegasse a vereadora (o que duvido) já seria um excelente resultado.

    ResponderEliminar
  28. Não quero alimentar discusões fúteis, mas quando alguém aqui me diz: "É pá tem cuidado com o que bebes". Tenho mesmo que responder e esclarecer:
    Está é tão só AFLITO com a verdadeira realidade dos meus argumentos. E esta aflição dá mais força a quem quer a mudança.
    No final vamos ver quem tinha razão se eu ou se quem (na falta de ideias) me acusa de bebado.

    ResponderEliminar
  29. "É para ganhar! Que não haja quaiquer duvidas!
    O próximo presidente da Câmara Municipal de Èvora vai ser Helena Figueiredo. E o Presidente da Assembleia Municipal será Bruno Martins."
    Este AJPM de ETZ é um grande manganão. Acho-lhe piada.

    ResponderEliminar
  30. O BE é o partido que mais propostas inovadoras tem apresentado! Desde que surgiu que tem marcado a mudança na política nacional. Se assim o tivesse permitido a direita que logo que viu que tinha adversário forte lhe tentou cortar o pio e, se assim o tivesse querido o PC que nunca mais muda de fantasma (continuando a gastar as suas parcas energias a combater a outra esquerda - seu Arqui-inimigo).

    ResponderEliminar
  31. "a direita que logo que viu que tinha adversário forte"
    Eu às vezes pergunto-me em que mundo é que estes gajos vivem?

    ResponderEliminar
  32. É lá, isto por aqui já ultrapassou a utopia radical.
    Entrou-se no campo do surrealismo e da fantasia.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.