quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Portugal: apreendidos 79 mil quilos de carne de vaca que relincha.


A ASAE instaurou hoje cinco processos-crimes a empresas portuguesas por fraude sobre mercadoria e apreendeu 79 mil quilogramas de carne contendo vestígios de carne de cavalo. 
Em comunicado, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) adianta que foram também apreendidas, no comércio de retalho e distribuição 18.839 embalagens de produtos à base de carne, como por exemplo lasanhas, hambúrgueres, canelones e almôndegas. 
Segundo a ASAE, os 79 mil quilogramas de carne e produtos à base de carne contendo carne de cavalo foram apreendidos em estabelecimentos industriais de preparação, embalamento e distribuição de carnes no comércio a retalho (grandes superfícies). 
Este organismo de fiscalização refere também que a abertura dos cinco processos-crimes resultou na realização de 134 colheitas de amostras para análises laboratoriais para determinação da existência de ADN em carne de cavalo, tendo verificado, até ao momento, 13 resultados positivos. 
A ASAE diz ainda que vai continuar com as ações de fiscalização neste domínio. (LUSA)
Entrevistado pela RTP o inspector-geral, António Nunes, disse que é expectável que ainda possa ser apreendido outro tanto de carne de cavalo em produtos que deveriam ser de carne de vaca, ou seja, no total, mais de 150 mil quilos de carne de cavalo pronta a entrar no circuito comercial.
É o que se chama empresas cheias de "responsabilidade social", mas em que apenas manda o rei e senhor cifrão... único deus desta gente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.