quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

PAEL de Évora continua sem ser aprovado. Já foram os de Estremoz, Ferreira do Alentejo e Reguengos de Monsaraz


O Tribunal de Contas (TdC) revelou hoje ter aprovado, até terça-feira, 18 candidaturas de municípios ao Programa de Apoio à Economia Local (PAEL) e salientou que os prazos de análise estão a ser cumpridos, de acordo com a lei.
Sem o aval do TdC, os pouco mais de 80 municípios que já assinaram o contrato de adesão ao PAEL não podem receber as respetivas verbas, que devem servir para pagar as dívidas a curto prazo, essencialmente a fornecedores, através de uma linha de crédito com um valor global de mil milhões de euros.
Numa resposta a questões da agência Lusa, o TdC revelou que, até terça-feira, receberam este aval 18 municípios e que estão ainda em processo de fiscalização prévia outros 65 candidatos, correspondentes a um total de 83 municípios.
De acordo com o TdC, já foram aprovados os programas relativos aos municípios de Alcobaça, Almeirim, Chaves, Covilhã, Estremoz, Ferreira do Alentejo, Ílhavo, Montijo e Óbidos.
O tribunal aprovou também o apoio financeiro aos municípios de Penela, Póvoa do Varzim, Reguengos de Monsaraz, Ribeira de Pena, Rio Maior, Santo Tirso, Vagos, Valença e Valongo.
O TdC esclareceu ainda que "não houve até ao momento nenhum processo do PAEL recusado" e acrescentou que "a Lei tem sido escrupulosamente cumprida no que respeita aos prazos".
Esta tem sido uma crítica de autarcas, que esperavam receber com mais celeridade as verbas do programa.
Fonte do tribunal explicou que os processos apenas podem estar 30 dias em análise no TdC, mas esta contagem é suspensa quando os juízes sentirem necessidade de pedir mais esclarecimentos aos municípios.
As autarquias com um contrato ao abrigo do PAEL têm de respeitar um conjunto estrito de obrigações, estando previstas multas, por exemplo, no caso de existir um aumento do endividamento no período da execução do contrato. (LUSA)

32 comentários:

  1. O PS levou a câmara de Évora à falência.
    Está na hora da mudança!

    ResponderEliminar
  2. Évora foi destruída,
    a Cidade está a cair,
    está suja,
    esburacada,
    as circulares estão degradadas,
    a sinalética está numa lástima,
    os espaços verdes estão degradados,
    as rotundas são um amontoado de ervas...

    O PS é o responsável por esta gestão incapaz,
    ESTÁ NA HORA DA MUDANÇA!

    ResponderEliminar
  3. não houve redução de pessoal na limpeza. Mas agora não limpam! Começou o período da grande sabotagem pelos empregados comunistas para provar que tudo está mal antes das eleições.

    ResponderEliminar
  4. @15:32
    O idiota pensa que somos todos como ele: uma cambada de parvos!

    O idiota não sabe que esta gestão incompetente do PS contratou empresas privadas para fazer o serviço de limpeza em várias zonas da cidade. Era melhor e mais barato, dizia o pantomineiro.

    Durante esses anos os funcionários da higiene e limpeza que se reformavam não eram substituídos. Os privados faziam mais e melhor.

    Com os lugares de varredores a diminuírem, a câmara encontrou espaço para contratar arquitectos, psicólogos, historiadores, sociólogos, administrativos, e outras especialidades. Mas Varredores e Jardineiros não, porque os privados faziam melhore e mais barato.

    Agora, que os privados se foram embora, por não haver dinheiro para lhes pagar, a câmara está a abarrotar de especialidades e funcionários inúteis, mas não tem aqueles que precisa para varrer ruas e arranjar os jardins.

    Não tem Varredores e Jardineiros, nem forma de os contratar, pois o Quadro está a abarrotar. Só técnicos superiores são mais do dobro daqueles que existiam em 2001. Mas varredores e Jardineros não há…

    E, diz o idiota, que há boicote.
    Pois há, e o boicotadores principais chamam-se José Ernesto e PS, o partido que lhe serviu de trampolim para satisfazer as suas ambições pessoais.

    E é, por estas e por outras, que Évora precisa de mundança!

    ResponderEliminar
  5. Esta gestão incompetente do PS contratou empresas privadas para fazer o serviço de limpeza em várias zonas da cidade. Era melhor e mais barato, dizia um pantomineiro.

    Durante esses anos os funcionários da higiene e limpeza que se reformavam não eram substituídos. Os privados faziam mais e melhor.

    Com os lugares de varredores a diminuírem, a câmara encontrou espaço para contratar arquitectos, psicólogos, historiadores, sociólogos, administrativos, e outras especialidades. Mas Varredores e Jardineiros não, porque os privados faziam melhor e mais barato.

    Agora que os privados se foram embora, por não haver dinheiro para lhes pagar, a câmara está a abarrotar de especialidades e funcionários inúteis, mas não tem aqueles que precisa para varrer ruas e arranjar os jardins.

    Não tem Varredores e Jardineiros, nem forma de os contratar, pois o Quadro da autarquia está a abarrotar. Só técnicos superiores são mais do dobro daqueles que existiam em 2001. Mas varredores e Jardineiros não há… Porque os privados faziam melhor e mais barato, dizia o pantomineiro.

    E, diz um idiota, que há sabotagem.
    Pois há, e os sabotadores chamam-se José Ernesto e PS, o partido que lhe serviu de trampolim para satisfazer as suas ambições pessoais.

    E é, por estas e por outras, que Évora precisa de mudança!

    ResponderEliminar
  6. A situação da Autarquia é GRAVISSIMA,estes senhores do Partido Socialista,tem que ser responsabilizados pela DESTRUIÇÂO de um concelho.HAJA CORAGEM

    Investigue-se não tenham MEDO deste Bloco Central dos Interesses.

    Haja JUSTIÇA,Évora está em CACOS,e foram os ditos socialistas que levaram esta Maravilhosa Cidade para o Abismo.

    ResponderEliminar
  7. PS e PSD tem que pagar pelas NEGOCIATAS que realizaram em Èvora.

    Silveirinha e antigo Hotel Planicie são dois bons exemplo.

    ResponderEliminar
  8. A tralha do PS levou a cãmara á falência. É preciso mudança!

    ResponderEliminar
  9. Na garagem da autarquia estão cerca de 22 carros parados, porque não há dinheiro para pagar os respetivos seguros.

    ResponderEliminar
  10. AcincoTons=MaisEsterco


    Terra queimada. Comunices.

    ResponderEliminar
  11. Está na hora da mudança!

    ResponderEliminar
  12. Banqueiro AMIGO da OPUS DEI,afirma que aguentamos Mais Austeridade..........

    ResponderEliminar
  13. O idiota, em vez de argumentar, insulta. Em vez de apresentar as suas motivações, destila ódio.
    Enfim, um cretino será sempre um cretino. Tal como um vintém não passará de vintém.

    ResponderEliminar
  14. PAEL em Reguengos e na Alandroal com votos FAVORAVEIS da CDU

    ResponderEliminar
  15. 83 Municípios pediram PAEL! Mas aqui a situação é diferente... Existe muita gente parva que vai atras da conversa da falência. A seguir levam com o Passos Coelho local e ficam muito melhor!

    ResponderEliminar
  16. Ó cretino, e se fosses ler a lei que regulamenta o PAEL, em vez de escreveres asneiras?

    Se lesses perceberias que há dois níveis de PAEL. Um corresponde no essencial a um empréstimo, sem perda de autonomia. No outro, a câmara perde autonomia e assume a obrigação de aplicar taxas e impostos no máximo sobre os cidadãos e as empresas do concelho.

    A câmara de Évora está nesta segunda situação.

    ResponderEliminar
  17. Mas á duvidas da MISERÁVEL situação da autarquia , a 8 meses não existe um candidato e como é óbvio não a projecto para a cidade,vai surgir outros paraquedistas,é uma vergonha!

    ResponderEliminar
  18. Esta escumalha comunoide misturados com os anarcas não passam de uns infelizes que já perderam a tusa.

    ResponderEliminar
  19. 00.56

    Será que temos garanhão na costa ou é só paleio do mijo?

    ResponderEliminar
  20. Garanhão?! Nada disso. Também sou impotente. É preciso um para conhecer os outros...

    ResponderEliminar
  21. Os funcionários do Partido Comunista mais os seus fiéis lacaios, juntando os anarcas que sonham um dia viver à custa do orçamento camarário nas respectivas associações pseudo culturais, vão fazendo o que podem.

    Politica de terra queimada.
    Quanto pior melhor.

    ResponderEliminar
  22. O cretino já entrou ao serviço. E, como sempre, limita-se a vomitar aleivosias e a destilar ódio.
    Argumentos e raciocínios inteligíveis, não é com ele. Limita-se ao triste papel de capacho se suas excelências.
    O pior é que este é o nível daqueles que dirigem a autarquia de Évora. Para mal dos nossos pecados…

    ResponderEliminar
  23. Os funcionários e os sabujos do Partido Comunista adoram semear lama para poderem chafurdar à vontade.

    O que não podem dizer às claras, fazem-no pala calada da noite como ratos de esgoto.
    E quem lhes paga para andar a chafurdar somos nós pela via dos subsidios que os partidos recebem do estado

    ResponderEliminar
  24. O cretino, sem justificar escreve:
    «Começou o período da grande sabotagem pelos empregados comunistas para provar que tudo está mal antes das eleições»

    Um comentador responde, com argumentos e factos concretos, não refutados:
    «Durante … anos os funcionários da higiene e limpeza que se reformavam não eram substituídos. ...

    Com os lugares de varredores e jardineiros a diminuírem, a câmara encontrou espaço para contratar arquitectos, psicólogos, historiadores, sociólogos, administrativos, e outras especialidades. Mas Varredores e Jardineiros não, porque os privados faziam melhore e mais barato.

    Não tem Varredores e Jardineiros, nem forma de os contratar, pois o Quadro está a abarrotar. Só técnicos superiores são mais do dobro daqueles que existiam em 2001. Mas varredores e Jardineros não há…

    E, diz o idiota, que há sabotagem.
    Pois há, e os sabotadores principais chamam-se José Ernesto e PS, o partido que lhe serviu de trampolim para satisfazer as suas ambições pessoais.»


    Um comentador escreve:
    «Na garagem da autarquia estão cerca de 22 carros parados, porque não há dinheiro para pagar os respetivos seguros.»

    O cretino responde:
    AcincoTons=MaisEsterco
    Terra queimada. Comunices.



    É verdade que as questões levantadas incomodam, mas até um cretino consegue saber que são verdadeiras. E por isso não as consegue refutar. Prefere recorrer à insinuação e á calúnia para disfarçar a miséria e o descalabro em que se encontra a autarquia. Um descalabro resultante de 12 anos de gestão INCOMPETENTE do PS.

    Mas, enfim, um cretino (12:06) será sempre um cretino. Tal como um vintém, nunca passará de um vintém.

    ResponderEliminar
  25. @12:39

    Zeloso funcionário foi você que falou em calúnia pela calada da noite, chafurdando na lama da propaganda de tasca tipica do partido mais demagógico Português que existe?

    Que é que o POST tem a ver com a chafurdice que os zelosos funcionários fazem de certas notícias?

    ResponderEliminar
  26. @13:54
    ó cretino, então a única coisa que tens a dizer às questões referidas é a cassete do costume?
    Olha que elas são tão claras e evidentes que até um cretino tem obrigação de as entender.

    ResponderEliminar
  27. @14:03

    Zeloso funcionário do partido.

    O PAEL não foi discutido até á extenuação nos jornais da terra, na assembleia municipal, nas rádios?

    Toda a LAMA que os funcionários do Partido Comunista foram escrevendo aqui neste blog, serve exactamente para quê, senão para vocês se chafurdarem todos nela?

    ResponderEliminar
  28. @14:42
    E quem disse que não foi discutido? Importas-te de dizer qual o comentário em que se alude à falta de discussão?

    É que o problema da adesão ao PAEL, nas condições em que a câmara de Évora o faz, é outra bem diferente:
    - Tem a ver com a situação de falência financeira para onde a CME foi arrastada devido à gestão incompetente do PS;
    - Tem a ver com a não responsabilização desses incompetentes;
    - Tem a ver com a obrigação de aumentar taxas e impostos municipais para os valores máximos, atirando com essa falência para cima dos cidadãos e das empresas eborenses que nada têm a ver com a incompetência desses gestores;
    - Tem a ver com os resultados que essa adesão terá no futuro próximo, trazendo o retrocesso ao concelho Évora, tornando-o incapaz de atrair novos investimentos e novos residentes.
    Ou não percebes isto, ou então não percebes nada.
    (o que, para um cretino, não admira)

    ResponderEliminar
  29. @15:24

    Queres é LAMA para chafurdar, funcionário.

    Escola propagandistica da URSS.

    Não mudaram.

    ResponderEliminar
  30. @15:24
    Já dizia o outro:
    «Nunca discutas com um idiota. Ele baixará a conversa para o seu nível de entendimento e, aí chegado, vencerá pela experiência»

    Com vês, pelo comentário @15:34, o “outro” tinha razão.
    Não adviria daí mal ao mundo, não se desse o caso desse “nível de entendimento” ser aquele que está actualmente instalado na direcção da CME. Ou julgas que a falência aconteceu por obra e graça do espírito santo?

    ResponderEliminar
  31. Funcionários

    Chafurdem à vontade.

    Enquanto estão aqui na net, poupam-nos da poluição e das lavavens cerebrais que são os vossos cartazes propangadisticos

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.