segunda-feira, 26 de abril de 2010

sim, eles inventam coisas fantásticas

Federação Ibérica, ou Europeia, ou a dos paises criativos...
(depois das cidades criativas, de que Évora deseja fazer parte, a avaliar pela proposta do Plano candidato a Estratégico).
O mais importante é que não se perca o barco da inovação tecnológica... Eu já aderi. Tenho vários lá em casa. E afirmo aqui que são óptimos, os livros...

5 comentários:

  1. Eu tenho dois destes em casa. São tão giros...

    ResponderEliminar
  2. REALMENTE ELES INVENTAM COM CADA COISA….

    AVISEM OS VOSSOS FILHOS

    ATENÇÃO! AVISO
    Dentro dos Shopping Centers há pessoas próximas às entradas dos cinemas fazendo uma suposta pesquisa/inquérito com os jovens (algo "interessante", como cinema, TV, um novo filme a ser lançado...). Pegam então o nome, telemóvel, telefone fixo, endereço, nome dos pais e discretamente anotam algumas características como as roupas, cor do cabelo, etc. etc. etc.
    Ou seja reúnem todos os dados de uma pessoa.

    Em seguida e educadamente pedem para não esquecer de desligar o telemóvel para não incomoda outras pessoas no interior do cinema durante a exibição do filme.
    Depois que as pessoas entram no cinema, eles esperam alguns minutos, ligam para a pessoa que foi "entrevistada" para ver se o telemóvel está mesmo desligado e se estiver, ligam para a casa dessa pessoa.
    O bandido diz o nome completo do seu filho ou parente (o que já assusta), as características como cabelo, estatura, roupas e diz ainda "Ligue para seu filho, se acha que estou mentindo... o nº dele é 9XX XXX XXX? Está desligado..."(pronto, se ele sabe até o nº do telemóvel de seu filho ou parente, só pode ser verdade). E como um filme dura em média 2Hs, demora muito para você conseguir ligar e ser atendido. Aí você já está em pânico e pronto para fazer o que o bandido lhe pedir.

    ResponderEliminar
  3. Dentro dos Shopping Centers... do Brasil!

    ResponderEliminar
  4. Era bom era.....
    Mas a moda já chegou em Portugal.

    ResponderEliminar
  5. J. Rodrigues Dias27 abril, 2010 18:15

    Aberto

    Cinzas subiram, sem descer,
    Aviões desceram, sem subir;
    Viajantes pararam, uns a explodir,
    Outros, de livro aberto, a sorrir,
    A falar sem mentir…

    J. Rodrigues Dias

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.