quarta-feira, 14 de abril de 2010

É público?

via costa-qualquercoisa.blogspot.com

15 comentários:

  1. Sim, é público.
    Enquadra-se-se no Forum Educação, que culminará em Maio em Lisboa.
    Até lá, estão sendo feitas sessões preparatórias em todas as capitais distritais, abertas a todos, com a participação de independentes, como é o caso de Raul Rasga, por exemplo.
    M.S.

    ResponderEliminar
  2. Acho uma boa ideia estas sessões.
    Ou a esquerda apresenta uma nova visão para a educação..ou ficamos com os Cratos, perdão..prof. Doutor Nuno Crato, os Medinas Carreiras, as Helenas Matos e com o perigoso regresso de uma narrativa conservadora sobre o que é a escola.
    Depois não se queixem...

    François Marie Arouet

    ResponderEliminar
  3. SE fosse o PSD seria atacado, mas estas retóricas da treta que tem levado ao descalabro escolar em que nos encontramos são altamente elogiado.

    ResponderEliminar
  4. Sr Voltairezinho-da-treta:

    O Nuno Crato é Prof. Doutor não roubou nem herdou o título, (faz-lhe cócegas usar o título porque foi um aluno rasca?) A URSS tinha doutoramentos de altíssimo nível e educação secundaria exigente, seu pseudo-esquerdista da treta. A China tem uma boa educação seu pseudo-esquerdista da treta.
    O que o Nuno Crato tem defendido é resumidamente que um professor do ensino secundário de matemática deve saber matemática!!! Isto é "narrativa conservadora sobre o que é a escola" sr. Voltairezinho-da-treta?

    A escola russa sempre foi e excelente porque nunca deixou que "pedagajo(a)s" dominassem o ensino como aconteceu em portugal.


    Por isso que temos uma classe de professores (de matemática) nulos nas matérias que ensinam, tendo umas ideias confusas de pedagogia, sabendo "colocar a voz" e como falar as criancinhas
    (que estão optimamente educadas como se sabe).
    Isto é "narrativa conservadora sobre o que é a escola" sr. Voltairezinho-da-treta?

    A Faculdade de Ciências de Lisboa depois de da asneira de admitir um departamento de educação reconheceu o imenso erro, e o Departamento de Matemática viu-se obrigado a formar professores de secundário porque os que saiam "formados(????)" pelo departamento de educação eram nulos em matemática. Não ensinar NADA nas escolas secundarias é dar uma "educação de esquerda" sr. sr Voltairezinho-da-treta?

    Certamente um dos grandes culpados do nosso atraso educacional hoje em dia sejam esses "pseudo-esquerdista pedagogos"
    (com a cobertura do PS na altura como tinha que ser) dominado o Ministério da Educação. Que partido de esquerda defendeu esta cretinice sr. Voltairezinho-da-treta? Não foi o PCP
    e não me lembro de nenhuma dos partidos "ditos de esquerda" que formam o Bloco terem tido essa posição.

    ResponderEliminar
  5. Reencontrei ontem o interior do teatro Garcia de Resende, na 1ª visita guiada pela companhia neste ano em que comemora 35 anos de existência na cidade de Évora.
    Conheci o seu interior tinha então 8 anos, Mário Barradas tinha trazido a companhia para cá há poucos meses e as escolas primarias foram convidadas a ver a sua primeira peça "28 de Setembro", depois fomos conduzidos numa visita a um teatro que na época estava completamente destruído. Cadeiras de pau partidas, pinturas (hoje chamados de grafites) nas paredes, vidraças todas partidas e um chão todo esburacada. Anos mais tarde visitei de novo o seu interior e embora estivesse muito mais arranjado nos espaços frequentado pelo público no seu interior e na zona superior continuava a estar muito destruído. Na zona da teia para passarmos de um lado para o outro fazíamo-lo por cima de tábuas podres e cheias de buracos. Nos galinheiros, era impossível entrar pois corria o risco de abrir buraco no chão e nos estatelarmos cá em baixo e devido á queda não contaríamos a historia. Passados 23 anos da minha ultima entrada em locais recônditos do teatro ontem voltei lá... não parece o mesmo teatro, está quase todo arranjado, não existem já os perigos de nos enfiarmos nos buracos do chão, as madeiras estão como novas e os mecanismos todos a funcionar. Senti-me orgulhosa do espaço. Agradeci de novo a sua construção a quem a idealizou e agradeço mais ainda a quem ajudou na sua recuperação.
    Mas esta recuperação e o seu bom estado de conservação deve-se essencialmente à companhia de Teatro do Cendrev que por ali se ter instalado não deixou de pressionar as autoridades competentes para fazer o seu arranjo, para melhorar as condições da sala e dos espaços reservados ao publico e que mantém os outros espaços limpos e cuidados!
    Agradeço ao Mário Barradas que um dia sonhou em fazer a 1ª companhia de teatro profissional na província e que escolheu Évora para a instalar.
    Agradeço aos actores que ontem nos serviram de cicerones e que nos contaram a história deste Teatro que um nasceu em Évora em 1880.
    E aconselho os meus concidadãos a irem visitar o Teatro que é de todos nós para lhe darem o valor que ele merece (e que a nível nacional já tem como obra de arte). Descubram o Teatro, visitem-no vão ver que não se vão arrepender!
    Lurde

    ResponderEliminar
  6. Mais politica para cima da educação é até acabarem com o resto.Preferia um forum pais professores e directores de escola e empresas.
    Deixem-se de politizar!

    ResponderEliminar
  7. 9:04

    E vai ter: no próximo sábado vai haver em Évora o XXXV Encontro da Confederação Nacional das Associações de Pais, que consta de um seminário, com diversos oradores e aberto a todos, sobre ensino.

    XXXV ENCONTRO NACIONAL DAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS
    “OS PAIS E OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO PARA O SÉC.XXI”
    Auditório da DREA ÉVORA – 17 DE Abril de 2010

    Programa
    10h00m - Sessão de Abertura:
    Actuação de um grupo de dança da CERCI-Diana de Évora
    Dra. Isabel Alçada - Ministra da Educação
    Dr. José Ernesto d’ Oliveira - Presidente da Câmara de Évora
    Albino Almeida - Presidente da CONFAP
    Ana Cadete - Presidente da Federação Regional de Évora

    11h00m – Pausa para café - APPADCM

    11h15m – Painel da manhã:
    ESCOLA INCLUSIVA – Da que temos à que gostaríamos de ter
    Convidados: Prof. Dra. Adelinda Araújo Candeias (Professora da Universidade de Évora)
    Mestre Inês Filipe (Professora especializada em Ensino Especial)
    Professora Isabel Furtado (Projecto “No Rasto da Esperança” do Agrupamento de Escolas de Vila Viçosa)
    Dra. Maria José Salgueiro (Gestora de Projecto de Ensino Especial da CONFAP)
    - Testemunho de uma mãe de uma criança surda
    Sara Martins (Coordenadora do Nucleo Distrital de Évora do Pais em Rede)
    - Testemunho de uma mãe de uma criança autista
    Jesus Sanchez (CEAPA - Espanha)
    - Testemunho de um pai de uma criança com síndrome de Down
    Dra. Adelaide Franco (Microsoft Portugal)
    - Apresentação de software específico para crianças com NEES
    Moderador: Hermínio Corrêa - Membro do CE da CONFAP

    13hoo – Debate

    13h30 – Intervalo para almoço
    15h00m Painel da Tarde:

    NOVOS DESAFIOS PARA UMA GESTÃO PARTILHADA DA ESCOLA PÚBLICA
    Associações de Pais, Alunos, Professores, Comunidade, Poder Local – que participação?

    Convidados: Prof. Dr. Eng. Roberto Carneiro - Professor da Universidade Católica, Investigador ex-Ministro da Educação (1987-1991)
    Prof. Dr. José Verdasca - Director da DREA
    Dr. Álvaro Santos - Presidente do Conselho de Escolas
    Pedro Feijó - Delegação Nacional das Associações de Estudantes
    Dr. Adélio Castro - Presidente do Conselho Geral da Escola da Ponte
    Moderador/ Orador: Dr. Albino Almeida - Presidente da CONFAP

    16h30 – Debate

    17h00m – Pausa para Café

    17h15m – Apresentação das Conclusões do Encontro

    17h30m – Sessão de Encerramento

    Dra. Fernanda Ramos - Governadora Civil de Évora
    Dra. Cláudia Sousa Pereira - Vereadora da Educação da Camara de Évora
    Sara Martins - Federação das Associações de Pais de Évora
    Dr. Adélio Castro - Presidente da MAG da CONFAP


    Notas:
    •No final da Sessão de Abertura será entregue à Sra. Ministra da Educação o documento “Posição da CONFAP sobre a eventual redução de despesas com a Educação nas deduções à colecta do IRS, em sede de PEC”, juntamente com lembranças alusivas ao XXXV Encontro Nacional das Associações de Pais;
    •No final do 2º Painel será prestada homenagem pública, por todos os órgãos sociais da CONFAP, ao Prof. Dr. Eng. Roberto Carneiro, já sócio honorário da CONFAP desde Março de 2005.

    ResponderEliminar
  8. Em relação às políticas educativas do Bloco dito de Esquerda, que têm estragado as escolas e o ensino, que têm comprometido o futuro das próximas gerações de portugueses com as suas atitudes rascas, demagógicas e incompetentes, só tenho a dizer:
    -Alguém me pode indicar para que lado ficam os sanitários? É que tenho de vomitar...

    ResponderEliminar
  9. A propósito do Encontro da Confereção Nacional de Pais, alguém por aqui sabe qual é ou se supõe que seja, o papel dos pais na Escola de hoje?

    Será um género de lobo mau que se agita, qual medo no momento de pressionar professores, administrações, ou outros elementos do sistema?
    Será lugar de vaidades que não têm outra passarelle?
    Por agora tenho visto unmas e outras, mas um papel reconhecido, legitimado,construtivo, não vejo como poderá acontecer. Era isso que gostaria de ver aqui discutir.

    Maria Francisca

    ResponderEliminar
  10. Maria Francisca:
    por aqui não se discutem assuntos importantes e sérios; pelo que tenho visto, nas caixas de comentários e nos posts, aqui discute-se se os anónimos são gente ou não, o autor Carlos Júlio manda bugiar os leitores que não assinam o nome (excepto se forem ciganos, a esses respeita-os) e gozam uns com os outros...
    Pois é, é triste.
    Os pais na escola? Tratem de respeitar o trabalho dos professores, deixem-nos trabalhar e eduquem os filhos sem abdicar do seu papel de pais(em casa, não na escola).
    Bento Dezassete

    ResponderEliminar
  11. Mas ninguém ainda disse qual é a política do BE para a educação...
    Que tal ouvir?
    E depois criticar..
    E depois talvez..dizer algumas coisitas...antes de vomitar claro.

    ResponderEliminar
  12. 20:46:
    tem andado distraído, amigo. Então a Ana Drago até se põe em bicos de pés para apregoar a politica do BE para a educação, os restantes bloquistas, nacionais ou locais, falam a toda a hora das suas propostas para a educação e o amigo acha que ainda ninguém disse qual é a politica do BE para educação? Olhe que já disseram, olhe que já...

    ResponderEliminar
  13. Espantoso!!!

    Um partido resolve fazer um encontro aberto sobre educação.
    De caminho convida professores, dá sempre quando se fala de educação..acho eu e ainda não li um comentário sobre Educação.
    Li coisas sobre a direita e a esquerda, sobre o Prof. Crato e os professores de matemática, sobre o excelente sistema soviético, sobre o encontro da Confap...
    Mas sobre o que tema lamento, mas nada...
    Era bom que fomos aos factos e sobre os factos, pensar!!
    Sem preconceito, mas, ajudaria um bocadinho, com algum horizonte de futuro.
    Caso contrário vamos estar eternamente a discutir as maldades de Maria de Lourdes Rodrigues, as opiniões catastróficas de Medina Carreira, o "achismo", daquele senhor que escreve romances e sobre viagens ao deserto...que não me recordo o nome, ou a dança negocial entre a fenprof e o ME.
    Há mais vida para além disso..e muito mais escola para além disso.

    Raul Rasga

    ResponderEliminar
  14. Olhe que se falou de educação e de educadores senhor professor Raul Rasga.
    Não se falou de vossa excelência mas já la vamos.

    Que são os "factos" para si?

    Presumo que sejam que a ilustríssima senhora deputada Ana Isabel Drago Lobato,
    que "frequentou" um Mestrado em Sociologia (não
    ao sei muito bem o que isso de "frequentar" cursos, mas adiante coisas do Bloco)
    membro do conhecido partido "Bloco" ( mas eu esta longe de "partido") e mais os excelentíssimos senhores professores Raul Rasga e Armando Mesquita (espero que tenham pelo menos
    uma frequência de algum mestrado) informam que se vão reunir na sede do dito Bloco em Évora
    no dia 16 de Abril. Presumo também que o objectivo é iluminar as cabeças alentejanas com a sua preclara sabedoria sobre "Educação" (sic). (Educação Universitária não deve ser pois suas Excelências a tal não se atreveriam embora sejam mundialmente conhecidos e citados em "Educação" (sociologia da dita ou pedagogia da dita presumo ainda)).

    São estes os factos senhor professor Raul Rasga?
    Vossa excelência acha o meu resumo adequado?
    Eu por mim desde já informo só a falta de avião (estou no brasil) me impede de assistir a este fascinante workshop ,certamente destinado a ficar na historia da Educação. Mas ondas de tão importante reunião serão certamente vinculadas em todas as revistas da especialidade e modestamente prometo lê-lo para me ilustrar (sobre a educação que não sei de quê nem de quem).

    Um seu seu admirador, subscrevo-me

    M.C.

    ResponderEliminar
  15. Hum...correu-lhe mal o dia...

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.