segunda-feira, 19 de abril de 2010

Ao contrário dos elefantes, os políticos têm a memória curta

Há umas semanas apenas era a guerra total entre Sócrates e Jardim por causa de uns trocados. Houve ameaças de demissão e tudo. Agora as relações mudaram radicalmente e estão ao nível do "muito obrigado, senhor primeiro-ministro". Alberto João Jardim até muda de cor e de cara ao cheiro do "vil metal", sobretudo numa altura em que não "alinha" com a nova direcção do PSD. Pedro Passos Coelho que se cuide: se a coisa continua assim ainda vamos ver o Alberto João a apelar ao voto em Sócrates. Já vi tanta coisa e tanta pirueta que nem estranharia...

1 comentário:

  1. Podem ter memória curta mas amam-se muito, como se pode ver na fotografia.
    Se até as pedras do Lopes Guerreiro se beijam porque não se haviam de beijar os elefantes do Carlos Júlio?
    Zé da Pinta

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.