quinta-feira, 26 de novembro de 2009

SOS Racismo pede explicações sobre expulsão de ciganos do Parque de Campismo de Beja

A propósito do post aqui colocado onteontem sobre a expulsão de 25 famílias ciganas do Parque de Campismo de Beja, e tomando-o como referência, o SOS Racismo enviou um pedido de averiguações à Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural.

Beja: PSP expulsa ciganos romenos e espanhóis do Parque de Campismo

"À CICDR

Exmª Alta Comissária

Drª Rosário Farmhouse

A notícia acima transcrita saiu no Blog “A Cinco Tons” e também foi referida na “Voz da Planície”, “RádioPax” e “Diário Digital”, segundo temos conhecimento

Hoje, no “Público” as notícias são contraditórias.

E continuando o comentário acima do Jornalista Carlos Júlio, é de perguntar se este é o procedimento normal para quem supostamente causa distúrbios?

Ou se é a continuação por outras formas da discriminação da comunidade cigana que o SOS Racismo denunciou já há dois anos por parte da GNR do Distrito de Beja?

Mais uma vez se demonstra que a impunidade leva à continuação da discriminação...

Não seria suposto terem que responder perante a Justiça caso sejam responsáveis por tudo o que é relatado?

Desta vez, como são estrangeiros...não nos vamos preocupar...

Mas já não se fez nada aquando da inqualificável actuação da GNR de Beja, que obrigava (deixou de obrigar?) os elementos da Comunidade cigana , aquando de festas (casamentos e baptizados) e para que fossem permitidas, a assinar um documento em como se responsabilizavam por tudo o que acontecesse e a não poderem entrar nos estabelecimentos (cafés, restaurantes) da vila ou aldeia.

O SOS Racismo gostava que se averiguasse o que realmente esteve na origem da expulsão.

Sem mais

Pelo SOS Racismo

José Falcão"

14 comentários:

  1. É o mínimo que se pode exigir.

    leonor

    ResponderEliminar
  2. De certeza que este Sr. não foi burlado pela comunidade expulsa.

    ResponderEliminar
  3. Mas se foi burlado não há tribunais para isso? Agora se alguém é burlado expulsa-se da terra para ir burlar na terra a seguir? Parece-me estranho. Que há quem não goste de ciganos isso é verdade. Mas se houve alguns crimes ou burlas deve agir contra os seus autores e não meter toda a gente no mesmo saco. O que eu achava estranho é que, até ao momento, tudo isto permanecesse tão silencioso e se pudesse agir assim sem que ninguém (ou poucos) perguntassem porquê. Pedir e dar explicações não me parece de mais.

    bejense

    (e digo-lhe que já várias vezes fui incomodado por vários elementos da comunidade cigana. Mas também o fui por outras pessoas de outras comunidades: por exemplo, de portugueses, e não se pode pôr tudo no mesmo saco).

    ResponderEliminar
  4. Diga-se, aliás, por aquilo que se vai ouvindo na comunicação social, que os burlões que nos enganam todos os dias não se alojam em parques de campismo como os ciganos. Vivem em bairros de luxo e administram bancos, empresas públicas e governos. São esses os burlões que precisamos de "expulsar" dos seus cargos, se quisermos que este país tenha futuro.

    ResponderEliminar
  5. A PRIMEIRA GRANDE MEDIDA DO CAMARADA PULIDO.

    ResponderEliminar
  6. O VALENTE SÒ FAZ È MERDA.

    ResponderEliminar
  7. Os carreiristas e oportunistas,não sabem fazer nada.

    ResponderEliminar
  8. Olhe que não, olhe que não. O problema do racismo está em todos os partidos. E contra os ciganos é generalizado. Basta ver como o Ceausescu os tratava na Roménia. É preciso estudar políticas integradas que ponham fim à segregação racial dos ciganos e de outras minorias. E não esta bandalheira de que todos sabem de tudo.

    ana

    ResponderEliminar
  9. Não tenho nada contra os ciganos ou contra outra qualquer etnia ou raça. Mas sejamos realistas: existem regras na sociedade que devem ser cumpridas e quando não o são, penalizadas.
    Não vou dar razão à PSP ou a quem quer que fôr pois pouco sei para o fazer.
    Quando ocupo um parque de campismo comprometo-me a cumprir os regulamentos e se não o fizer sujeito-me à expulsão.
    Houve imcumprimento da parte dos ciganos? foram chamados à atenção? quantas vezes? estas são algumas das perguntas que gostaria de ver respondidas.
    Alentejana

    ResponderEliminar
  10. Também eu, alentejana. E não vejo cá na santa terrinha ninguém que queira responder a essa questão, Nem orgãos de informação que o queiram fazer.Aliás as rádios da terra, segundo julgo, nem pegaram na notícia de que o SOS racismo queria explicações. Porque é que anda tudo tão calado?


    m.j.modesto (de beja)

    ResponderEliminar
  11. Reparem como a notícia foi dada: " a PSP expulsou do parque de campismo 150 romenos de etnia cigana" (foi mais ou menos assim. Logo aqui existem duas discriminações - romenos e de etnia cidana. É por aqui que tudo começa e o racismo se fomenta. O que interessa saber e deve ser notícia é se foram expulsas 150 pessoas do parque de campismo o foram e se foi cumprida a lei para o efeito, INDEPENDENTEMENTE da sua nacionalidade e etnia. E é isto que não está, que eu tenha conhecimento, suficientemente informado.

    ResponderEliminar
  12. «Basta ver como o Ceausescu os tratava na Roménia»

    A Ana fez bem em recordar o Ceausescu, esse grande amigo do Mário Soares.

    ResponderEliminar
  13. Era amigo do Mário Soares? Parece-me bem que não. Não seria doutros personagens também muito conhecidos cá da nossa praça?

    ResponderEliminar
  14. Já outro dia chamei aqui à atenção para uma reportagem na revista Visão da passada semana sobre o recrudescimento dos movimentos e milícias neo-nazis em Itália.
    Mais de 80 movimentos organizados, a coberto do governo Berlusconi, praticam actos de verdadeira discriminação e puro racismo, tendo a raça cigana como alvo principal.
    No ano de 2008 - os dados são oficiais - havia em Itália 168 mil ciganos. Neste momento, apenas residem em território italiano 35 mil indivíduos ciganos.
    Dá para reflectir! E por cá? O caso de Beja será facto isolado?

    ResponderEliminar